Linha Tupy-Pinheirinho e tarifa da Sanepar são bandeiras de Renaldo | O Popular do Paraná
Home / Notícias / Política / Linha Tupy-Pinheirinho e tarifa da Sanepar são bandeiras de Renaldo

Linha Tupy-Pinheirinho e tarifa da Sanepar são bandeiras de Renaldo

Renaldo Rodrigues visitou a Redação de O Popular nesta semana

 

O empresário e candidato a deputado estadual Renaldo Rodrigues (PRB) esteve na redação do jornal O Popular nesta quarta-feira, 29 de agosto, para elencar algumas das propostas que pretende defender na Assembleia Legislativa do Paraná caso seja eleito.

Renaldo, que é o proprietário da Distribuidora Rodrigues, afirmou que decidiu voltar as campanhas por entender que Araucária precisa sim de um deputado comprometido com as demandas locais, mas que também seja preparado para discutir melhorias para todo o Paraná. “Já há algum tempo que não temos um representante de nossa cidade na Assembleia e, sem dúvida, essa ausência impede que consigamos que o Governo do Estado assuma suas responsabilidades com Araucária”, pontuou.

Como exemplo, Renaldo citou o caso da interrupção da linha Tupy-Pinheirinho. “Todos sabemos que havia um compromisso da Comec de assumir essa linha, até porque a responsabilidade pela manutenção de uma linha metropolitana é do Governo do Estado. No entanto, o que vimos foram eles simplesmente deixarem a região do grande Campina da Barra sem esse ônibus. Se tivéssemos um deputado do nosso Município lá na Assembleia, com certeza, isso não teria acontecido”, pontuou.

Ainda sobre a Tupy-Pinheirinho, ele enfatizou que o retorno dessa linha é a primeira meta dele caso seja eleito. “Como deputado vou exigir e não descansarei até que a Comec cumpra o que prometeu e restabeleça a Tupy-Pinheirinho”, garantiu.

Das várias outras bandeiras pontuadas por Renaldo, destaque também para seu compromisso de brigar para alterar a lei estadual que diminuiu a tarifa mínima de água da Sanepar. “O que fizeram com as famílias paranaenses foi um absurdo. Reduziram a tarifa mínima de dez para cinco metros cúbicos e o preço ficou praticamente o mesmo. Como deputado, vou lutar dia e noite para mudar isso, aumentando novamente a tarifa mínima para dez metros cúbicos”, enfatizou.

Texto: Waldiclei Barboza

Foto: Everson Santos

Publicado na edição 1128 – 30/08/18

Sobre Redação

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado. Os campos requiridos são marcados com *

*