Home / Notícias / Política / Maioria dos vereadores prefere candidatos de fora

Maioria dos vereadores prefere candidatos de fora


Apesar de Araucária contar com diversos candidatos locais a deputado estadual, a maioria dos vereadores preferiu apoiar “estrangeiros” nas eleições deste ano. Levantamento feito pelo O Popular mostra que dos doze vereadores (contando aí o ainda licenciado Clodoaldo Pinto Junior), apenas três estão, pelo menos oficialmente, no barco de candidaturas da cidade.

Os que preferiram apoiar candidatos locais são Alexandre Gotfrid (PT), Josué Kersten (PT) e Pedrinho Nogueira (PTN). Pela cidade, o trio pede votos para a companheira de Câmara, Adriana Cocci (PTN), que tenta uma vaga na Assembleia Legislativa. O outro edil na disputa, Paulo Horácio (SDD), não conseguiu convencer nenhum colega de parlamento a apoiá-lo e disputará o pleito do próximo domingo, 5 de outubro, de maneira solo.

O número de vereadores apoiando Adriana, diga-se de passagem, é idêntico ao recebido pelo paraquedista Artagão Junior (PMDB), que tenta à reeleição. Mesmo nunca tendo feito, pelo menos até onde se sabe, nada por Araucária, o deputado-candidato é defendido na terra dos pinheirais por Esmael Padilha (PSL), Francisco Cabrini (PP) e Pedrinho da Gazeta (PMDB). Coincidentemente ou não, os três já foram presidentes da Câmara de Araucária e têm processos de prestações de contas que tramitam ou tramitaram junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE). O órgão, aliás, por capricho do destino, é presidido pelo conselheiro Artagão de Matos Leão, pai de Artagão Junior.

Também optaram pela candidatura de estrangeiros os vereadores Alex Nogueira (PSDB), Clodoaldo Pinto Junior (PT), Vanderlei Cabeleireiro (DEM) e Wilson Roberto David Mota (PROS). O primeiro tirou da cartola Paulo Litro (PSDB), filho da deputada estadual Rose Litro (PSDB). O segundo está com Alisson Wandscheer (PT), um completo desconhecido na cidade. Já o terceiro, novamente, está com Nelson Justus (DEM). Para quem não se lembra, Nelson era o presidente da Assembleia Legislativa quando do estouro do escândalo dos Diários Secretos. Ele, inclusive, é réu num processo por improbidade administrativa ao lado de Alexandre Curi (PMDB), apoiado por setores da administração do prefeito Olizandro José Ferreira (PMDB). Betão, por derradeiro, apoia Cristina Silvestri (PPS), outra que até onde se sabe nunca pisou em Araucária.
03  politica pb copy
Câmara Federal

Sem candidaturas locais minimamente viáveis na disputa pela Câmara Federal, os vereadores locais fecharam com os mais diversos candidatos. Os que mais receberam apoios foram Angelo Vanhoni (PT) e Denilson Pestana (PT). O primeiro é defendido por Adriana e Alexandre e o segundo por Josué e Pedrinho Nogueira.

Texto: Waldiclei Barboza

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*