Home / Notícias / Política / Numa pancada só, Prefeitura nomeia 28 CCs

Numa pancada só, Prefeitura nomeia 28 CCs


Se você era uma das pessoas que achou que a recente exoneração de um monte de cargos em comissão na Prefeitura poderia ser sinal de um enxugamento desse tipo de profissional, cuja contratação se dá mais por fidúcia àquele que nomeia do que por competência, fique sabendo você estava errado.

É que poucos dias após as exonerações, o Diário Oficial do Município trouxe dezenas de decretos de nomeação de cargos em comissão. Levantamento feito por nossa reportagem mostra que foram 28 os beneficiados com emprego de confiança na Prefeitura. Na mesma leva, seis ganharam a conta e um foi reenquadrado do cargo de diretor ge­ral da Casa da Cultura para diretor do Teatro da Praça. Na prática, porém, a mudança não resultou num aumento salarial. Renato Santos do Rosário permaneceu ganhando a mesma coisa.

4 de julho

A maior parte das nomeações que ganharam as páginas do Diário Oficial aponta como data de início de trabalho dos novos CCs o dia 4 de julho de 2016. Ou seja, um dia após a demissão da leva de comissionados que O Popular publicou há duas semanas. Como informamos naquela oportunidade, parte dos exonerados o fez para disputar as eleições municipais.

Primeiro escalão

A leva de decretos publicados no Diário Oficial também traz mudanças em cargos de primeiro escalão da Prefeitura, como a troca da secretária de Educação, Janete Schiontek, por Marcos Rute e a nomeação de Josiane Novak para comandar a Secretaria de Urbanismo. Até então, ela era diretora geral da pasta. Outro ato tornado público foi o que confirmou a exoneração de Orlando de Jesus Ferreira da Secretaria de Adminis­tração. Os decretos também confirmaram uma substituição familiar do cargo de corregedor da Guarda Municipal. Saiu o marido Luciano Kasecker e entrou sua esposa, Vanessa Kasecker.
05 - política cor copy
Texto: Waldiclei Barboza

Sobre Redação

Redação

5 comments

  1. Isso é um tapa na cara do povo. Vejam quem são os governantes de Araucária quantos parentes nessa prefeitura, quando terá gente capacitada e com vontade de fazer de Araucária uma cidade digna e exemplar.

  2. Decretos são decretos.

  3. Vergonha para dizer o minimo deste tipo de mudança do marido pelo esposa, o MP bem que poderia ficar de olho nessas mudanças, sem contar aqueles lendários casos de uns que recebem e passam a grana para aqueles que são candidatos…

  4. Sempre protegendo e defendendo quem é puxa saco.

    já vi até diretora geral de secretaria ter que devolver parte do salário para vereador em troca da sustentação do seu cargo.

    saiu o pior e entrou o RUIm

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*