Home / Notícias / Política / Para dar upgrade na Saúde, PMA prepara contratação por PSS

Para dar upgrade na Saúde, PMA prepara contratação por PSS

Foto: divulgação

 

Quando comparada a outras cidades da região metropolitana de Curitiba, é possível afirmar com razoável grau de certeza que os serviços públicos de saúde em Araucária são bons. Isto, porém, não quer dizer que a população local esteja está satisfeita. Tanto é que, em pesquisa recente, o setor foi muito mal avaliado.

A mesma pesquisa também apontou que a Saúde deveria ser o principal foco de ação da atual administração daqui até o fim do mandato do prefeito Hissam Hussein Dehaini (PPS).

E é justamente ao encontro dessa necessidade que, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), estão sendo preparadas diversas ações para melhorar a qualidade do atendimento oferecido à população, principalmente àqueles que procuram as unidades básicas.

Segundo o prefeito Hissam, ele já determinou às secretarias de Saúde, Gestão de Pessoas, Procuradoria, Governo e Finanças que façam um esforço conjunto para até acelerar o processo de contratação de servidores para atender a área da Saúde. “Autorizei, inclusive, a realização do PSS para contratação com maior agilidade daqueles profissionais para os quais a Prefeitura não tem concurso em aberto no momento”, destacou.

Conforme explicou o prefeito, a opção pelo PSS atende melhor as necessidades da população neste momento porque só a organização de um concurso público levaria em torno de seis meses, sendo que a contratação pelo processo simplificado poderia ser feito em sessenta dias.

Hissam pontuou ainda que nos próximos dias deve encaminhar à Câmara o projeto de lei criando alguns cargos para a área da saúde, ampliando a quantidade de vagas para outros já existentes, bem como pedindo autorização para realizar um Processo de Seleção Simplificado (PSS) para os cargos em que não há concurso aberto. “Para melhorarmos o serviço prestado aos nossos moradores estou fazendo uma operação que eu chamo de sovaco. Estou pessoalmente botando o processo com esses pedidos embaixo do braço e indo a todos os setores da Prefeitura necessários para agilizar a tramitação e poder encaminhar à Câmara quanto antes”, comentou.

Ele ainda ressaltou que solicitará à Câmara que aprecie a criação do PSS e os outros projetos da Saúde em caráter de urgência. “Tenho certeza que os vereadores vão nos ajudar para conseguirmos aprovar esses projetos o quanto antes”, explicou.

De acordo com estimativas da Secretaria de Saúde, ao todo, devem ser contratados mais de 300 funcionários para atuar na pasta. Só agentes comunitários de saúde serão 53. Médico clínico geral outros onze, psiquiatras seis, neurologistas 5, ginecologistas mais 6 e assim por diante.

Outra categoria de profissionais que deve receber uma grande quantidade de contratações é o de enfermeiros. Serão contratados 47. A SMSA também enviará à Câmara um projeto criando o cargo de assistente de farmácia, com 47 vagas, o que permitirá a reorganização dos trabalhos nas unidades, liberando técnicos de enfermagem e enfermeiros para outras ações. Outro cargo que está sendo criado é o de médico generalista. São 80 vagas com carga de 40 horas semanais. Esse projeto de lei já está em tramitação na Câmara e quando forem contratados serão utilizados nos trabalhos de estratégia de saúde da família.

Texto: Waldiclei Barboza

Publicado na edição 1160 – 25/04/2019

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*