Pesquisa mostra que aprovação da gestão Hissam segue muito alta | O Popular do Paraná
Home / Notícias / Política / Pesquisa mostra que aprovação da gestão Hissam segue muito alta

Pesquisa mostra que aprovação da gestão Hissam segue muito alta

Entre os dias 31 de julho e 3 de agosto, o instituto Data Sonda foi a campo a pedido de O Popular para medir, entre outras coisas, a aprovação da gestão do prefeito Hissam Hussein Dehaini (PPS).

Foram feitas 800 entrevistas, respeitando-se a base censitária do Município no que diz respeito ao perfil de sexo, faixa etária, escolaridade e renda da população araucariense. E, assim como em janeiro deste ano, quando a mesma pesquisa foi feita, a aprovação de Hissam junto à comunidade local segue na casa dos 70%.

A pergunta feita pelo Data Sonda foi a seguinte: de forma geral, você aprova ou desaprova a administração Hissam? 74,6% disseram aprovar. Em janeiro passado o índice de aprovação foi de 75,5%. Já os que disseram desaprovar somaram 18,6%. No início do ano eram 15,8%. Os que não souberam ou não quiseram responder totalizaram 6,8%. Na pesquisa anterior eram 8,7%. A margem de erro do levantamento é de 2,9%, sendo que o intervalo de confiança é de 90%.

Interessante ainda é o percentual de aprovação que a gestão Hissam alcança especificamente na área rural. Lá, 90% disse aprovar o trabalho da administração, 5% disseram desaprovar e outros 5% não souberam ou preferiram não responder ao questionamento. Em termos de população, porém, sempre é bom ponderarmos que, atualmente, apenas 7,5% dos nossos cidadãos residem na zona rural contra 92,5% na área urbana.

Neste levantamento, também foi pedido para que as pessoas atribuíssem conceito à gestão. Foram oferecidas as seguintes opções: ótima, boa, regular, ruim ou péssima. A grande maioria da população classificou a administração do prefeito como boa (48,5%). Já o percentual de ótimo foi de 11,4%. Os que disseram que o trabalho é regular somaram 27,3%. Já os que entendem o mandato como ruim somam 5,5% e como péssimo 5,3%. Não opinaram ou não quiseram responder somam 2,1%.

A principal variação com relação a medição feita em janeiro aconteceu entre o conceito de ótimo e bom. No início do ano os que classificavam o mandato como ótimo eram 19,5% e como bom 41,2%. Na prática, então, o que houve foi uma inversão desse sentimento.

Próxima semana

A pedido de O Popular, também foram medidos outros pontos relativos a administração, como pontos positivos e negativos da gestão, avaliação da mudança do Pronto Atendimento Infantil (PAI) para uma ala anexa ao Hospital Municipal de Araucária (HMA) e qual deveria ser a prioridade de Hissam para os próximos dois anos e meio de mandato. Os resultados você confere em nossa próxima edição.

 

Texto: Waldiclei Barboza

Foto: Marco Charneski

Sobre Redação

Redação

3 comentários

  1. Eu aprovo só por ter acabado com tanta folga daqueles funcionários públicos, mas ainda tem que melhorar muita coisa. Tem que cortar mais comissionado e dar um jeito naquele departamento de fiscalização de ISS que é uma zona onde ninguém trabalha!!!!

  2. Mais um que nao teve capacidade até hoje de prestar um concurso publico e ser aprovado…..

    • Aí que você se engana… Já fui concursado desse lugar, não me acomodei e fiz outro concurso melhor e cá estou hoje em dia. Falo o que falo da Prefeitura justamente porque sei quem são os péssimos funcionários públicos que lá estão atualmente. Poucos se salvam nesse meio aí.

      Você, pelo jeito, é um dos que deveriam ter vergonha na cara e pedir pra sair.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado. Os campos requiridos são marcados com *

*