Home / Notícias / Política / Reconhecimento facial no Triar vale a partir de quarta

Reconhecimento facial no Triar vale a partir de quarta


Uso do cartão isento alheio está com os dias contados

Uso do cartão isento alheio está com os dias contados

Todos os ônibus do Triar que atendem os usuários do transporte coletivo de Araucária passam a utilizar um novo sistema de leitura de cartões passagens a partir da próxima quarta-feira, 1º de outubro. Uma das vantagens da nova tecnologia é uma pequena câmera instalada nos leitores que tirará uma sequência de três fotos daquelas pessoas que, portadoras do cartão de isento, não precisam pagar a tarifa.

As fotos tiradas pela câmera serão enviadas automaticamente para uma central onde um programa de reconhecimento facial irá comparar se a pessoa que anda cruzando a catraca na faixa é mesmo a dona do cartão de isento. “Caso o sistema identifique que o cartão não está sendo utilizado por seu titular, nossa equipe irá entrar em contato com o beneficiário da isenção já no dia seguinte da constatação do problema e ele terá que dar explicações e, comprovada a fraude, pode perder o direito à isenção e responder judicialmente por isso”, explica o diretor da Companhia Municipal de Transporte Coletivo (CMTC), Sandro Martins. Ou seja, até para evitar constrangimentos para a pessoa, o cartão não será bloqueado na hora e sim posteriormente.

Hoje, de acordo com dados da CMTC, existem na cidade 7.205 pessoas beneficiadas com cartões de isenção tarifária. “Deixamos de arrecadar algo em torno de R$ 300 mil por mês para manter esse benefício. Justamente por isso, precisamos garantir que somente aqueles que realmente fazem jus a esse direito o tenham e é nisso que esse novo sistema irá nos ajudar”, enfatizou Sandro.

Texto: Waldiclei Barboza / Foto: Carlos Poly / ACS

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*