Home / Notícias / Sem categoria / Teorias mirabolantes

Teorias mirabolantes

Fizeram de novo. Dias destes, me vieram com a seguinte pergunta: “o que está acontecendo com o Zezé?”. Este questionamento tem sido recorrente desde que ele voltou ao poder, em 2009. Várias pessoas me fazem tal interpelação. Sempre tento responder de maneira racional. Argumento. Digo que ele é incompetente, que sua equipe é ruim, que a cidade não pode mais ser administrada de forma amadora, como ele fez em outras ocasiões e assim por diante. Dependendo da pessoa, até me aprofundo nas explicações…


No entanto, as respostas racionais já não parecem mais satisfazer as pessoas, justamente porque elas também já chegaram a mesma conclusão que eu. Só teimam em aceitar e encarar a realidade. Considerando isto, decidi inovar quando me fizerem o bendito questionamento. A partir de agora vou apelar para teorias mirabolantes quando me perguntarem “o que está acontecendo com o Zezé?”. Duas destas teorias já estão prontas:

Na primeira delas, o Zezé não existe mais. Isto mesmo: não existe. A prova cabal disso foi o reajuste de 7% que ele concedeu ao funcionalismo municipal em 2010. Ora, enquanto cidadão penso até que o aumento foi justo e adequado. Mas, convenhamos, este não é um reajuste digno de um político que o funcionalismo apelidou de pai. Em minha teoria, Zezé sempre foi uma alucinação coletiva dos araucarienses. Na verdade, um pesadelo que tivemos juntos até o ano de 2004, quando despertamos. Acontece que fizemos alguma coisa errada (não sei bem o que é) e voltamos a adormecer em 2008 caindo no mesmo sonho ruim de outrora. Confesso que ainda não consegui montar todo o quebra-cabeça que nos fez pegar no sono, regredir e eleger Zezé novamente.

Já na segunda teoria, Zezé e seu irmão Lincoln são a mesma pessoa. Exatamente: a mesma pessoa. Nesta perspectiva, o prefeito sofreria de dupla personalidade, o que fez com que sua mente criasse Lincoln, o sujeito com fama de poucos amigos, condenado a prisão em primeira instância e que ataca vereador em rompantes de fúria.

Travestido de Lincoln, Zezé poderia fazer aquilo que realmente gosta, mas que a fama de político bom moço impede. Alguém aí dúvida de que Zezé e Lincoln são a mesma pessoa? Ora, viajem comigo: os dois dificilmente são vistos juntos e nas poucas vezes que isto acontece tudo não passa de um truque de espelhos, igual ao utilizado pelos gêmeos Miguel e Jorge na novela Páginas da Vida. No quarto andar da Prefeitura, ninguém consegue falar com o prefeito sem antes passar por Lincoln. A voz dos dois é praticamente idêntica. Dizem que Zezé sempre quis partir pra cima do Clodoaldo. Como não teve coragem, fez isso travestido de Lincoln. Ambos adoram utilizar a palavra “jaguara” pra ofender alguém. Pronto. Aí estão todas as provas necessárias! Eles são a mesma pessoa.

E, você, amigo leitor, o que acha que está acontecendo com o Zezé? Dê a sua opinião. Até semana que vem!
 

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*