Home / Colunas / Coluna do IMA / Aftas orais

Aftas orais


O que é afta?

Afta é a enfermidade mais frequente da mucosa oral, caracterizando-se por uma ou mais pequenas ulcerações bastante dolorosas, porém de evolução benigna, cicatrizando em 7 a 15 dias, sem deixar cicatriz.

Por que ela aparece?

Embora bastante frequente (Acomete 20-50% da população), a etiologia da afta ainda não é precisamente definida. Em geral o surgimento da afta tem várias causas, como: Trauma da mucosa oral (Mordida, uso de aparelhos ortodônticos, etc…), baixa imunidade, períodos de “stress”, variação hormonal, ingesta de alimentos irritativos, refluxo gastro-esofágico importante, entre outros.

Como ter certeza que estamos com Aftas?

As aftas, são pequenas ulcerações (Em geral 2-5mm), dolorosas, arredondadas, recobertas por tecido branco amarelado, circundada por halo de hiperemia e edema (Pequenas feridas amarelas, com vermelhidão ao redor). Geralmente a evolução é curta, no máximo 2-3 semanas. Nos casos que persistam além deste período ou que ocorram com muita frequência, é necessário investigação com exames complementares, para afastar outras doenças que poderão estar associadas (Doença auto-imune; HIV; Anemias; Deficiência de vitaminas, etc…)

As aftas aparecem quando a imunidade baixa, isso procede?

Sim, é comum surgirem nos casos de baixa imunidade, porém nem sempre está com baixa imunidade, como nos casos de trauma local, refluxo, etc…

Todos podemos ter aftas algum dia?

Sim qualquer pessoa poderá ter aftas, conforme os diversos fatores já citados. No entanto parece haver uma predisposição genética de algumas pessoas, as quais terão mais frequentemente episódios de aftas.

Qual o tratamento para o problema?

Como não foi identificado uma causa bem definida, o tratamento é basicamente, sintomático. Uma vez que surjam vão levar o tempo já citado, até que as aftas sejam cicatrizadas, independentemente, dos medicamentos utilizados. Para aliviar os sintomas devemos evitar alimentos irritativos (Alimentos ácidos, temperos fortes, bebida alcoólica, etc…). Podem ser utilizados topicamente anti-inflamatórios e/ou anestésicos, a base de xilocaína e corticosteróides. Consultando um médico ele orientará qual o medicamento mais apropriado para o seu caso.

Existe uma maneira de prevenção?

A prevenção é manter boas condições de saúde, com atividades físicas regulares, alimentação adequada, boa hidratação, redução do nível se stress, isto tudo contribui para melhora da imunidade geral e especificamente da mucosa oral.

As mulheres são as que mais sofrem com aftas? Verdade? Por que?

As mulheres são frequentemente acometidas, provavelmente, devido a variação hormonal que são submetidas (TPM), além do stress emocional causado pelas exigências de nossa sociedade, onde a mulher desempenha diversas funções como, trabalho profissional, administração de sua casa, filhos, marido, etc… Isto tudo acarreta um desgaste emocional com certamente redução, da imunidade, propiciando o aparecimento de várias doenças, entre elas as aftas da mucosa oral.

Os remédios caseiros como violeta, bicarbonato, funcionam mesmo?

Estes medicamentos de uso tradicional, realmente aliviam a dor, pois anestesiam as terminações nervosas, da base das aftas. No entanto atuam também nos tecidos normais, responsáveis pela cicatrização das aftas, podendo com isto aumentar o tempo de cicatrização, demorando mais tempo para cura. As lesões maiores, recidivantes ou que demorem muito para cicatrizar, devem ser avaliadas por um médico pois podem estar relacionadas a outras doenças de maior gravidade.

Visite nosso site:  www.clinicaima.com.br

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*