Home / Colunas / Coluna do IMA / Amígdalas e Adenóides

Amígdalas e Adenóides


As amígdalas e adenóides (“Carne esponjosa”), fazem parte do sistema imune, são formadas por tecido linfóide, semelhantes aos gânglios que se encontram no pescoço, virilha e axilas. A sua principal função é aprisionar os germes (bactérias e vírus) que são inalados e produzir anticorpos que ajudam a prevenir e tratar doenças respiratórias.As amígdalas e adenóides (“Carne esponjosa”), fazem parte do sistema imune, são formadas por tecido linfóide, semelhantes aos gânglios que se encontram no pescoço, virilha e axilas. A sua principal função é aprisionar os germes (bactérias e vírus) que são inalados e produzir anticorpos que ajudam a prevenir e tratar doenças respiratórias.

As amígdalas podem ser vistas abrindo-se a boca, são duas, uma em cada lado da úvula (campainha). As adenóides não, elas ficam na região posterior (atrás) do nariz, e é necessário um exame (endoscopia ou raio X) para serem visualizadas.

Apesar de ajudarem a prevenir infecções o papel das amígdalas e adenóides não é considerado muito importante, porque o corpo tem outros meios de prevenir infecções e lutar contra bactérias e vírus. Naturalmente as adenóides encolhem já na infância, e tendem a desaparecer completamente na adolescência. Geralmente, você pode ter suas amígdalas e adenóides removidas, sem aumentar o risco de infecção.

Você pode ser aconselhado a ter suas amígdalas removidas em determinadas situações, tais como:

1. Se você tem crises freqüentes e graves de amigdalite. Isso geralmente significa: Sete ou mais episódios de amigdalite no ano anterior. Ou, cinco ou mais episódios desse tipo em cada um dos dois anos anteriores. Ou, três ou mais episódios em cada um dos três anos anteriores. E se as crises de amigdalite afetarem o funcionamento normal no seu dia-a-dia. Por exemplo, eles são graves o suficiente para fazer você ficar afastado do trabalho ou da escola por duas semanas em um ano.

Alguns casos como presença de convulsões febris nas crianças também podem ter indicação cirúrgica.

Pacientes que já tiveram um abscesso periamigdaliano (ou seja, uma infecção grave com formação de pus ao redor da amígdala que necessita de drenagem para seu tratamento), também tem indicação cirúrgica.

Amígdalas com criptas (buracos) grandes que acumulam resíduos alimentares e formam cáseo (pequenas bolinhas brancas e duras, com odor fétido) associados a presença de halitose (mau hálito) e dor, também podem ter indicação cirúrgica.

2. Se você tem amígdalas muito grandes que estão obstruindo as suas vias respiratórias, causando roncos. Este pode ser um fator que contribui para uma condição chamada Síndrome da Apnéia Obstrutiva do Sono, que pode ter graves consequências como problemas cardiorespiratorias e alteração do desenvolvimento.

Se as amígdalas são tão grandes que atrapalhem a alimentação, também podem ter indicação cirúrgica.

3. Suspeita de câncer de Amígdala. Geralmente se faz quando há uma assimetria entre as amígdalas (um lado é maior do que o outro).

As adenóides também podem ser removidas ao mesmo tempo. As indicações incluem também infecções recorrentes, obstrução respiratória nasal, causando respiração oral (respirar de boca aberta), e fala anasalada. A obstrução da respiração nasal na infância altera todo o desenvolvimento da face da criança, levando ao desenvolvimento de anormalidades crânio-faciais típicas (Face ade­noidiana).

Além de dificultar a respiração causando roncos tanto de dia quanto de noite, as adenóides ainda podem bloquear a entrada da Tuba Auditiva. A tuba auditiva é um canal que comunica a parte de trás do nariz ao ouvido médio. Quando este tubo é bloqueado temos a sensação de ouvido tampado (como quando descemos a serra do mar), o que atrapalha a audição e contribui para o aparecimento e a recorrência de otites (infecções do ouvido). Se esta situação se prolongar pode levar ao desenvolvimento de doenças graves do ouvido e até surdez.

Infecções de garganta não são totalmente evitadas se as amígdalas e/ou adenóides são removidas, mas há uma boa probabilidade de que o seu número e gravidade sejam reduzidos, diminuindo as ausências na escola e trabalho e os gastos com medicamentos.

Visite nosso site: www.clinicaima.com.br

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*