Home / Colunas / Coluna do IMA / Diarreia (fique atento)

Diarreia (fique atento)


Diarréia é resumidamente, o aumento do número de evacuações com fezes líquidas ou pastosas. Na maioria das vezes a diarreia é causada por infecções virais ou bacterianas, ou por intoxicação alimentar, podendo também ter causas menos comuns e mais graves, como intolerância à lactose, doença Celíaca, síndrome do intestino irritável, doenças inflamatórias, intestinais, tumores intestinais, etc…

Vamos nos ater as diarrei­as mais comuns, estas são em sua maioria causadas por vírus (viroses intestinais são 80% das causas de diarreia atendida nos consultórios), são quadros com sintomatologia variável, sendo comum ter vômitos, cólicas e diar­reia aquosa em grande volume, por várias vezes ao dia, causando mal estar geral, perda do apetite e indisposição.

As viroses intestinais, geralmente são quadros clínicos autolimitados, e pessoas com boas condições de saúde melhoram apenas com hidratação, dieta ade­quada e repouso. Nos casos de diarreia viral, com maior sintomatologia, haverá necessidade do uso de medicamentos para aliviar os sintomas, como as cólicas, as náuseas e vômitos e a própria diarreia. Nos casos de diarreia causadas por bactérias (que são a minoria dos casos), será necessário o uso de antibióticos. Em geral, não é recomendável o uso de medicamentos que “prendam o intestino”, pois a diarreia pode às vezes ser um mecanismo de defesa do organismo para expelir nas fezes agentes ou substâncias nocivas que estejam causando a diarreia.

Embora seja doença comum, e a maioria dos casos melhoram apenas com medidas dietéticas e repouso, devemos ficar muito atentos nas crianças, idosos, ou pacientes debilitados, devido ao risco de desidratação, comprometimento do estado geral e agravamento do caso.

Diarreia também pode ser sintoma de outras doenças mais graves, principalmente quando a diarreia persiste por vários dias, acompanhada ou não de sangramento nas fezes ou febre ele­vada. Não deixe de procurar o seu médico, ele saberá orientar o tratamento e, se necessário, realizar exames complementares, visando esclarecer o diagnóstico.

Visite nosso site: www.clinicaima.com.br.

Sobre Redação

Redação

One comment

  1. Fique atento e não peide!! Na diarréia qualquer peido pode ser fatal.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*