Home / Colunas / Coluna do IMA / Entenda a Sinusite

Entenda a Sinusite


O que é sinusite?
R: Sinusite é a inflamação da mucosa de revestimento interno dos seios da face, que pode englobar um ou mais seios. Temos 4 seios: Frontal, Etmoidal, Maxilar e Esfenóide. Até o momento pouco é conhecido sobre a função exata dos seios paranasais. No entanto, a maioria dos autores acredita que os seios paranasais estejam relacionados com: a) redução do peso dos ossos da cabeça, b) crescimento, tamanho e forma da face e do crânio; d) caixa de ressonância, dando características individuais à voz e; e) proteção térmica à base do encéfalo, impedindo o resfriamento dessa região.

Quais os sintomas?
Os principais sintomas da sinusite são dor facial (depende muito do seio acometido), secreção posterior (que escorre do nariz para a garganta), secreção nasal desde clara até amarelada, tosse produtiva, obstrução nasal, cheiro ruim no nariz, gosto amargo na boca.

Quais as causas de sinusite?
Em um quadro de sinusite aguda, geralmente a causa mais comum é um resfriado comum ou uma crise de rinite alérgica, que em uma evolução de poucos dias, resolve-se com descongestionantes pra aliviar a pressão facial . É a sinusite viral ou alérgica. Porém se houver persistência dos sintomas por mais de 7 dias geralmente, e a secreção nasal passar de clara à purulenta (amarelada), faz-se o diagnóstico de sinusite aguda bacteriana, necessitando daí o uso de antibióticos. A sinusite hoje em dia é chamada de rinossinusite, pois na maioria das vezes é o nariz que gera a sinusite. Dificilmente um paciente terá sinusite sem sintoma nenhum no nariz, principalmente de obstrução.

No caso da sinusite crônica, a grande maioria das pessoas possui um defeito anatômico do nariz e seios que predispõe a ter esta patologia. Por exemplo, desvio de septo, hipertrofia de cornetos (chamado popularmente de carne esponjosa) , adenoide, e obstruções dos pequenos canais que ligam o nariz aos seios da face. Outra causa freqüente é a rinite alérgica não tratada.

Como fazer o diagnóstico?

Em um quadro agudo, o diagnóstico é exclusivamente clínico, ou seja, só pelos sintomas do paciente e exame clinico se faz o diagnóstico .
Em um quadro crônico, o exame de eleição mais importante pra diagnóstico é a tomografia computadorizada dos seios da face, onde podemos ver detalhes da anatomia do nariz e seios da face. Endoscopia nasal ajuda no diagnóstico de alterações anatômicas. Ponto importante a ressaltar é que quadro agudo distorce qualquer exame, então primeiro deve-se tratar a crise aguda do paciente pra depois solicitar tomografia. Se mesmo tratando a tomografia vier com sinusite, faz-se o diagnóstico de sinusite crônica.

O tratamento é clínico ou cirúrgico?
Sinusite aguda o tratamento é clínico, com remédios como descongestionantes, corticóides, antibiótico, mucolíticos, anti-alérgicos, etc, a não ser nas complicações onde além disso precisa de cirurgia de emergência. Nos casos crônicos, sempre deve ser tentado tratamento clínico, mas na maioria das vezes a cirurgia se torna necessária. O objetivo da cirurgia é alargar os estreitos canais que ligam o nariz aos seios da face, para não ficar secreção represada nos seios e não gerar sinusite. Raspagem significa retirar a mucosa dos seios da face, procedimento este que não se faz mais hoje em dia, pois so melhorando a drenagem a mucosa dos seios tende a se recuperar já
Visite nosso site:

wwwclinicaima.com.br

Publicado na edição 1167 – 13/06/2019

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*