Quanto mais aprovação, mais responsabilidade! | O Popular do Paraná
Home / Colunas / Editorial / Quanto mais aprovação, mais responsabilidade!

Quanto mais aprovação, mais responsabilidade!

Em mais uma pesquisa realizada pelo Instituto Sonda a pedido de O Popular neste início de agosto, constatou-se que a aprovação da gestão do prefeito Hissam Hussein Dehaini (PPS) permanece altíssima.

Com quase dezoito meses de mandato, Hissam permanece com aprovação na casa dos 70%. Por si só o índice já é gigantesco, porém – quando levamos em conta o cenário político nacional – ter um gestor público municipal com um mandato de tamanha adesão é algo praticamente inimaginável.

Embora politicamente o resultado precise ser comemorado pelo prefeito e integrantes de seu grupo político, em termos administrativos ele deve ser entendido como mais um sinal de alerta. Isto porque, quanto maior é a aprovação, maior é a responsabilidade. Quanto mais confiança o cidadão deposita numa gestão, maior será a cobrança que ele fará dela.

Da mesma forma, é preciso entender que quanto maior é a confiança, maior será a decepção em casos de deslizes, sejam eles no campo administrativo ou ético. Explica-se: quando alguém em quem não depositamos confiança nos decepciona, isto não causa surpresa, não gera tanta indignação. Afinal, admitindo ou não, no fundo era o que as pessoas esperavam que acontecesse mais cedo ou mais tarde. Porém, quando a decepção é causada por alguém em quem confiamos, acreditamos, o impacto é muito maior, gera muito mais revolta e assim por diante.

A ponderação acima é necessária porque, muitas vezes, a tendência é nos acomodarmos quando passamos a entender que já conseguimos a aprovação de alguém. E, acomodação, em se tratando de administração pública, é o primeiro passo para o fim, pois crente de que estamos seguros, diminuímos nossa noção de alerta e é neste momento que nos tornamos mais vulneráveis, mais descuidados e assim por diante. E isto, numa cidade como Araucária, é fatal.

Fica o alerta para que Hissam, sem dúvida um gestor atípico, e que goza da confiança da população, não se descuide. E, da mesma forma, não descuide de sua equipe. Afinal, utilizando um termo bem popular, é o olho do dono que engorda o gado. Pensemos sempre nisso e boa leitura!

Publicado na edição 1125 – 09/08/18

Sobre Redação

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado. Os campos requiridos são marcados com *

*