Home / Colunas / Isidorio Duppa / A pesquisadora

A pesquisadora


Iéu iscuitando buzina de Kombi no porton já fói pensando que se achegando verdureiro pra comprar umas caxa de legume, mais como cachorada saiéu fedendo pro porton sabendo que sendo gente estranha. Sendo Kombi mesmo com símbalo destas coisa do governo e achando que será que fazendo de erado pra receber visita dos federal. Foi se achegando na janela da Kombi porque cachorada non dechando visita descer e quando perto estando, uma muiér no volante baxô vidro e preguntando se podendo falar com dono da propriedade, iéu enton já foi dizendo que ainda non pagô o Incra porque coréio non entregando duplicata na roça, mais que semana que vem iéu vai no banco e paga. Enton muiér dizendo que non vindo fazer cobrança, que sendo cientista biológica da universidade federal e querendo fazer estudo. Iéu mandô os cachoro calar boca e recebeu muiér na cozinha. Muiér deu cartonzinho dizendo que fazendo pesquisa sobre a evoluçon das espécie e foi perguntando se iéu conhecendo um tal de Darwin, iéu enton foi falando que conhecendo todos vizinho e non tendo nenhum Darwin, tem um que se chamando Davi da família dos Mikoskinski será non sendo iéste? Muiér enton dando risada foi explicando que iéste Drawin sendo aquele que disse que o homem vem do macaco e iéla fazendo estudo pra comprovar a teoria do camarada e que descobrindo por satélite que na propriedade de Isidório tendo uma família de bugiu morando e que agora estando na época do acasalamento e se iéla podendo fazer pesquisa do comportamento dos bugiu. Bem, non tendo só uma família de bugiu, tendo uma tropa! E como sendo época de acasalamento a roncadera que iéles fazendo parecendo trator valmet afogado, os galho dos pinheiro balançon parecendo tempestade e a chuva de sapé cobre o chon de marón. Muiér enton estanhô os zoio e pediu pelo amor de Déus que iéu levasse iéla pra ver a festa dos bugiu pra iéla registrar nas câmera de vidio. Iéu falô enton que non sendo coisa pra uma muiér bunitona e estudada que nem iela ficar vendo, sendo uma pornografia nos galho. Muiér enton parecendo doidona pediu de joeio que iéu levasse iéla no mato, bem, se iéla querendo ver os bugiu trepando, nos galho, problema sendo dela e ajudô iela carregar os equipamento da Kombi. No meio do mato muiér enton foi filmando os bugiu fazendo sacanage, roncando, pulando, virando os zóio, e cada minuto que passando muiér falando que sendo a miór coisa que iéla registrando nas filmadora e que sendo igual como que as pessoa fazendo a milhón de ano passado. Que bura, claro que as pessoa fazion iésto a milhón de ano, como que ión perpetuar a espécie? Despois de umas quatro hora de filmage, muiér parecendo transtornada de tanta felicidade e com uma cara esquisita zoiô pra iéu com uns zóio baxo de quem toma comunhón, baxô manga da camiseta e falô que iéla querendo fazer o mesmo que os bugiu estando fazendo. Iéu falô pra iéla que iéla esperando iéu? Muiér deu soriso e balanço cabeça que sim. Iéu enton coréu pegar uma escada pra muiér subir no pinheiro e ficar lá pulando com os bugiu.

Publicado na edição 1152 – 28/02/2019

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*