Home / Colunas / Isidorio Duppa / Marido de aluguel

Marido de aluguel


Sobrinha Roseli, que trabaiando de diarista nas casa de madame da cidade, aparecendo lá em casa pedindo favor, se iéu podendo fazer bico de jardinero na casa de uma das madame já que iéu entendendo de planta como a palma da mon, iéu acabando aceitando trabaio já que rendendo uns trocado e non sendo nada difice ficá aparando folhage e plantando florzinha. Madame sendo ansim muito respeitosa me recebendo e inté dando prato de cumida pra hora do almoço. Iéu ansim terminando o trabaio no começo da tarde e madame foi falando que já que tendo tempo se iéu podendo consertar a tornera que tando pingando, bem, iéu pegô umas feramenta e em pocos minuto tornera estando trocada. Madame enton preguntando se ieu entendendo de eletricidade pra trocar tomada queimada, iéu falando que podendo dar uma zoiada e non é que estando fácil, fói só ponhar os fiu no lugar certo e pronto. Enton Madame falô que percisando fazer instalaçón de um varal de depindurá ropa e se iéu podendo fazer sirviço, iéu emprestando uma furadera do vizinho e umas bucha e non dando cinco minuto o varal tando prontinho. Como ainda estando sobrando tempo, Madame contando que a privada estando intupida, bem, iéu non entende muito de privada porque em casa só tendo casinha, mais se der alguma cagada pelo menos iéu vou estar no lugar certo. Déu uma zoiada na encrenca que ia enfrentar e sabe, coisa tava fácil, sendo só uma toaia que enfiaron e non demorando cinco minuto privada tando pronta pra receber as carga de merda. Como ainda faltando tempo pra completar a diária, madame ofereceu xícara de café e falando que se iéu podendo voltar na outra semana porque iéla gostando que iéu sirvindo pra ser “marido de aluguel”. Iéu ficando pensando, será que iéla percisando de alugar marido pra fazer os serviço que marido devendo fazer? Sabe, aquelas coisa… Iéu passando semana intera pensando e inté achando que coraçón de iéu batendo diferente, madame non iera ansim uma miss da tercera idade mais era uma coroa ajeitada. Iéu se aprontando tudo, tomando banho, espirando avanço nos sovaco, até ponhando ropa de ir na missa e no caminho só foi pensando nas coisa que íon acontecer com iéu sendo marido de aluguel, além de fazer o trabaio ainda indo receber por iésto, sendo tudo que iéu querendo. Quando iéu se achegando Madame abriu sorisón e já foi falando que percizando iéu no quarto dela. Parecéndo que coraçón indo saltar pelas goela, começando tremedera, corpo mais suado que cavalo depois do dia de aragem. Iéu foi pra quarto e esperando madame se achegar e penso, pra que perder tempo, tiro paletó, camisa, camiseta heringue sem manga, calça e ficando só de cueca e de sapato pra evitar friage. Quando madame apareceu, iéu foi de encontro dela. Madame levando susto ton grande que saiéu gritando que iéu sendo tarado. Vizinhança toda saiu corendo detráis de iéu e graças a Déus poliça como sempre, non aparecendo. Agora, iéu pensando nas disculpa que tendo que dar pra voltar na casa da madame pra buscar as ropa que deixando em cima da cama!

Publicado na edição 1144 – 20/12/18

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*