Home / Colunas / Isidorio Duppa / Preservando os costumes

Preservando os costumes


Iéu sempre quando podendo, preservando os costume dos antigo, ansim pra que non se caia no esquecimento os ensinamento dos antepassado, deste jeiton preferindo usar dos remédio casero pra cura das doença, zoiando as ponta da lua nova pra saber se vém chuva ou sol notro dia, carcando folha de palma benzida no domingo de ramo no fogo pra acalmar tempestade, recebendo as pessoa em casa com broa e sal, iéstas coisa que ninguém fais mais e que os mais moderno achon tudo besteira e nem sabendo pra que servindo. Quando vindo padre rezar missa do méis na igrejinha iéu fazendo queston de fazer confissón pra dexar sempre alma livre de pecado e receber as bistinença do sacerdote. Iéste costume da confisson dando muito problema pra conservar, inté proque os pecado mudaron muito com o tempo, o que antigamente era pecado feio agora sendo normal de fazer e quando se achegando no confissonario ficando sem assunto com o padre e das véis pra non perder o custume iéu inté acaba inventando uns pecado mentiroso só pra render uns pai nosso e uma meia dúzia de ave maria. Ansim, já que semana que vem vai ter missa e iéu anda meio sem inspiraçon pra inventar pecado foi que iéu resolveu fazer uns pecadinho pra padre ter mais trabaio. Iéu ficando se alembrando dos déis mandamento e resolveu praticar um deles, non falar nome de Deus em vão, guardar domingo, non roubar, non matar, honrar pai e mãe, iestes iéu non tendo corage de praticar, enton iéu resolveu cobiçar a muiér do próximo. Mais qual das muiér dos compadre que iéu devendo cobiçar se son tudos uns demonho de feia? Iéu pois na cabeça as image das esposa dos conhecido e zoia que estando difícil fazer pecado, mais como iéu sendo polaco cabeça dura, iéu non mudando de opinión, iésto também sendo custume dos antigo. Lembrando que as muié cegon os zoio dos home iéu enton resolveu atacar uma delas com os zoio fechado. Dentre as tréis possive iéu tendo que escolher uma delas, iéu descartando a muiér do Mietcho meu irmon pra non gerar problema de famia, descartando a muiér do Iskapinski proque Iskapinski non saindo do armazém e muiér dele sempre estando amassando broa pra vender, enton, restando comadre Milka, muiér do Ignácio que sendo varredor de rua na cidade, enquanto compadre indo trabaiar non estando próximo. Notro dia iéu esperando compadre pegar ômbinus e saiu de trais da moita. Ponhô duas casca de laranja nos zoio pra non ver o que estava fazendo e bateu palma. Milka mandando entrar na cozinha e iéu foi meio que se agarrando pra non cair. Iéu sentando numa cadera, respirando fundo, deu gole de café, se alevantando sentiu persença da muiér e deu aquele agarón, foi pegando nas teta dela, passando mon nas perna, ponhando mon na bunda dela, sabe, muiér nem se mexeu e iéu nem discunfiava que Milka sendo ton mole, iéu continuando apalpando a miuér até que sentiu uma porada nas costa, zocros caiéu no chon e as casca de laranja voaron longe, enton Milka foi gritando pra iéu que se querendo fazer coisa feia com iela inté podendo, mas que dexando a coitada da avó dela em paz que iela nion tendo mais idade pra iestas coisas. Desgracera Mesmo!!! Será que cobiçar a avó da muiér do próximo sendo pecado??

Publicado na edição 1153 – 07/03/19

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*