Home / Colunas / Notas Políticas / Notas Políticas – 1165

Notas Políticas – 1165


  • Privatização
    Uma decisão liminar do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu na última sexta-feira, 24 de maio, os processos anunciados pela Petrobras de privatizar parte de suas refinarias. Entre as unidades que estão “à venda” está a Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), em Araucária.
  • FAFEN
    Na mesma decisão, Fachin também suspendeu o processo de outro ativo da Petrobras com sede em Araucária: Araucária Nitrogenados (ANSA), mais conhecida por estas bandas como FAFEN.
  • Essa liminar concedida pelo ministro cassou uma decisão anterior do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que havia liberado as privatizações. No entendimento de Fachin, ainda não está consolidado o entendimento de como esse tipo de venda pode ser feita quando estão envolvidas nelas empresas estatais. A Petrobras já informou que pretende recorrer.
  • Funcionalismo
    Foi tranquila a reunião realizada na semana passada entre os sindicatos que representam o funcionalismo municipal (Sifar e Sismmar) e o prefeito Hissam Hussein Dehaini (Cidadania). O encontro aconteceu na quinta-feira, 23 de maio, no salão nobre da Prefeitura. Diversos secretários municipais também participaram da conversa.
  • Confirmado
    Na oportunidade, Hissam confirmou o que enviará à Câmara projeto de lei concedendo reajuste salarial de 5,07% ao funcionalismo municipal.
  • Hoje
    A propósito, nesta quinta-feira, 30 de maio, a partir das 17h30, acontece assembleia convocada pelo SIfar e Sismmar. O encontro está marcado para ocorrer no salão paroquial da Igreja da Matriz. Na oportunidade os sindicalizados irão debater o resultado da reunião com representantes da Prefeitura na semana passada.
  • Greve geral
    Outra pauta desta assembleia de hoje é como se dará a participação dos servidores da Araucária no ato contra a reforma da previdência convocado por diversas centrais sindicais Brasil afora para o dia 14 de junho.
  • De férias
    Araucária deve ter novo prefeito em junho. Ou melhor, prefeita. A vice Hilda Lukalski muito possivelmente vai assumir o posto entre os dias 10 e 21 do mês que vem. O titular, Hissam, estará em férias neste período.
  • Autorizado
    Como vai se ausentar do país, a licença de Hissam teve que ser autorizada pela Câmara. O pedido do prefeito foi analisado pelos vereadores nesta terça-feira, 28 de maio, sendo aprovado de forma unânime pelo plenário.
  • Menos dois
    Falando em Câmara, os dois edis que moram na área rural do Município não deram as caras na sessão plenária desta semana. Claudinho do Açougue (Cidadania) e Germaninho (PR) justificaram suas ausências e não participaram da sessão.
  • Retirados
    Dois projetos de lei de crédito adicional, aqueles que reorganizam o orçamento do Município para que a Prefeitura possa pagar ações inicialmente não previstas na lei orçamentária anual, foram retirados de votação da sessão desta semana. Ambos afetam projetos de da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS).
  • Mal explicado
    Uma das razões para retirada dos projetos teria sido o não envio pela Prefeitura de informações solicitadas pelo vereador Elias Almeida (Cidadania). Ele, inclusive, fez questão de ler documento elaborado muito possivelmente por sua assessoria questionando a postura de secretarias municipais no atendimento à sua requisição de explicações. Afirmou que o episódio demonstra desrespeito com a Câmara.
  • Catarata
    Falando em Câmara, a vereadora Tatiana Nogueira (PSDB) questionou na sessão desta semana uma denúncia que ela teria recebido dando conta que a mãe do secretário de saúde, Carlos Andrade, teria sido submetida a uma cirurgia no Hospital Municipal de Araucária (HMA). O procedimento para retirada de uma catarata foi feito durante um mutirão recente.
  • Não mora aqui
    O questionamento de Tatiana teria sido no sentido de que a mãe do secretário poderia não ser moradora de Araucária e que, por isso, em tese, não deveria ter sido atendida durante o mutirão realizado no HMA.
  • Sem irregularidades
    Sobre o assunto, o secretário de Saúde informou que não houve qualquer tipo de irregularidade no episódio. De acordo com ele, sua mãe também possui endereço em Araucária. Afirmou ainda que não houve, em hipótese alguma, qualquer tipo de “fura fila” para que sua genitora fosse beneficiada com o procedimento em detrimento de outro paciente.
  • Concursada
    Falando em Tatiana, a vereadora acaba de ser convocada pela Prefeitura para assumir uma vaga como professora na rede municipal de ensino. Seu nome integra um edital com outros quatorze nomes que foram aprovado no concurso público realizado em 2017 pela Prefeitura. Com a nota 59,75, Tatiana ficou na 198ª posição. Ainda não há informações se a edil aceitará o cargo.
  • Mais quatro
    A Prefeitura nomeou nos últimos dias mais quatro médicos concursados para atuar na rede municipal de saúde. A torcida agora é para que eles não peçam exoneração, como fizeram diversos outros que prestaram o último concurso para clínico geral, mas ficaram apenas algumas semanas no cargo.
  • Quinze
    E falando em nomeações, também nos últimos dias foram nomeadas mais quinze educadoras infantis para trabalhar nos centros municipais de educação infantil (Cmeis) da cidade.
  • Esquecemos
    Na semana passada, em nota que relatou uma visita que vereadores fizeram ao HMA, esquecemos de citar o nome de um dos edis que mais falou naquela oportunidade: Aparecido da Reciclagem (PDT). Ele era um dos mais indignados e disse que diariamente recebe reclamações de moradores sobre o atendimento prestado no HMA.
  • Contrato assinado
    O prefeito Hissam esteve na superintendência da Caixa em Curitiba na semana passada. A presidente da Câmara, Amanda Nassar (PMN), o acompanhou. Lá, assinou contrato de financiamento de R$ 30 milhões com a instituição para pavimentar diversos bairros da cidade, além de algumas estradas rurais. As licitações para todas essas obras devem ser lançadas em breve. Os recursos são oriundos do Finisa (Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento). Ao longo das próximas edições, traremos matérias detalhadas sobre os bairros e ruas beneficiadas.

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*