Home / Colunas / Sismmar / Dia 12/12 tem eleição para o Fundo de Previdência!

Dia 12/12 tem eleição para o Fundo de Previdência!

Não é novidade que temos sofrido constantes ataques à nossa aposentadoria. Trabalhamos a vida toda, contribuímos com nosso suor e com parte do nosso salário por muitos anos. Quando chega o merecido momento da aposentadoria queremos respeito a tudo que construímos ao longo da vida trabalhista.


Aposentadoria não é privilégio, é direito. O que vemos nos cenários nacional, estadual e municipal, é que os governantes não respeitam esse direito. Manipulam dados para alegar déficits e retirar o dinheiro que com tanto custo pagamos ao longo da vida. Enquanto isso, perdoam dívidas de grandes empresas, bancos, e continuam com aposentadorias milionárias e injustas – como no caso de governadores, que se aposentam com míseros oito anos de trabalho.

Em Araucária, nossa previdência é, desde o ano 2000, administrada pelo FPMA – Fundo de Previdência do Município de Araucária – sendo composto por servidores de carreira eleitos para os conselhos administrativo e fiscal a cada dois anos de mandato. Essa forma de gestão tem sido fundamental para a garantia da saúde financeira do Fundo. Essa característica democrática é rara no país. A maior parte dos 2.123 Regimes Próprios de Previdência de estados e municípios é composta, em sua maioria, por indicados pelos governos.

Com muita garra, as direções dos Sindicatos representadas na Comissão Eleitoral puderam garantir as 27 urnas espalhadas pela cidade. A intenção inicial proposta era de impor apenas uma urna, no Paço Municipal. Dificultando a participação dos servidores em escolas, postos de saúde e demais equipamentos públicos espalhados por toda a cidade. Dessa forma fragilizaria a eleição dos conselheiros, com um baixo quórum de votantes e facilitaria as candidaturas vinculadas apenas ao Paço Municipal. Por isso, a participação massiva dos servidores é fundamental para dar nosso recado: estamos atentos!

Por isso, o Sismmar defende que votemos em pessoas da luta, que estão no chão da escola e conhecem bem a nossa árdua rotina. No magistério, temos o exemplo das nossas candidatas mulheres. Aguerridas e que não fogem à luta, que defendem com unhas e dentes os nossos direitos. São pessoas assim que merecem nosso voto. Não podemos permitir que servidores comprometidos com o governo representem os servidores. É preciso estar atento e forte.

Por isso, na quarta-feira, dia 12/12 compareça em uma urna mais próxima ao seu local de trabalho e vote em quem defende a nossa aposentadoria!

Publicado na edição 1142 – 06/12/18

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*