Home / Notícias / Política / 17 ruas dos jardins Condor e Monalisa serão pavimentadas

17 ruas dos jardins Condor e Monalisa serão pavimentadas



Não é de hoje que os moradores dos jardins Condor e Monaliza, dois antigos conjuntos habitacionais de Araucária, reclamam das péssimas condições das ruas em que precisam trafegar diariamente. A “bronca” dessas comunidades, no entanto, já está com os dias contados. Isto porque a Prefeitura já marcou a data para a licitação que irá escolher a empresa que ficará responsável pela pavimentação dessas regiões.

A abertura da concorrência está marcada para acontecer na próxima terça-feira, 29 de outubro. Na ocasião, todas as empresas interessadas em ficar com a empreitada terão que apresentar suas propostas. Como estabelece a legislação brasileira, nessa data a comissão de licitações da Prefeitura recebe dois envelopes: um contendo a documentação da empresa e outro o preço pelo qual ela se dispõe a executar o serviço.

Como a análise da documentação é um pouco trabalhosa, os servidores da comissão normalmente recebem a documentação e suspendem a sessão para fazer essa conferência. Posteriormente, é publicado no Diário Oficial a relação das empresas consideradas aptas a executar o serviço. É então marcada a continuidade da licitação para outra data em que os representantes das empresas comparecem à Prefeitura para acompanhar a abertura dos envelopes, onde estão as propostas de preços. Se tudo ocorrer conforme o planejado, até o final deste ano já devemos conhecer qual empresa executará o trabalho.

O edital de licitação prevê a pavimentação de 17 ruas (veja relação abaixo). 12 delas ficam no jardim Condor, bairro Capela Velha, e 5 no Monalisa, bairro Boqueirão. O preço máximo orçado pela Secretaria Municipal de Obras Públicas (SMOP) para a empreitada é de R$ 5.831.287,72. Os recursos para execução do asfalto nessas regiões são próprios, mas antecipados ao Município pelo Governo do Estado por meio do ParanaCidade.

O asfalto que será executado no Condor e Monalisa é o chamado definitivo, aquele que usa concreto betuminoso usinado à quente (CBUQ). As obras também incluem serviços preliminares, toda a parte de terraplenagem, drenagem, base e subbase, meio-fio e sarjeta, paisagismo e urbanismo e sinalização de trânsito. Ao todo, serão pavimentados 28 mil metros quadrados de área. Deste total, quase 23 mil metros são de pavimento novo e outros 5 mil de recape.

Conclusão

Depois de iniciadas, as obras devem durar em torno de 300 dias.

RUAS INCLUÍDAS NO PACOTE DE PAVIMENTAÇÃO CONDOR/MONALISA

Texto: Waldiclei Barboza

Foto: Jornal O Popular

Publicado na edição 1186 – 24/10/2019

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*