Home / Notícias / Cultura / A história de um dos maiores serial killers americano ganha filme com Zac Efron

A história de um dos maiores serial killers americano ganha filme com Zac Efron


Foto: divulgação

Um homem inteligente, bonito, pai, marido e bem sucedido, são os adjetivos de um dos maiores serial killers americano, Theodore Robert Bundy, mais conhecido como Ted Bundy. Sua trajetória de mortes começou na década de 70, onde assassinou brutalmente mais de 30 mulheres, em diferentes estados. No longa, Ted Bundy: A irresistível face do mal, sua história é recontada pelo ponto de vista de sua esposa, o que muda a perspectiva sobre o assassino.

O filme, baseado em fatos reais, passa longe de ser violento e sequer tenta relembrar a fundo quem são as vítimas de Bundy (Zac Efron), seu principal foco é o realismo reflexivo e seu romance com  Elizabeth Kloepfer (Lily Collins). Sendo um dos assassinos mais famosos e improváveis da América, sua forma de agir e se portar acendeu um alerta nos quatro cantos do mundo, qualquer um, independente de seu carisma ou status social, pode ser um serial killer.

O diretor Joe Berlinger, que também produziu o documentário “Conversando com um Serial Killer: Ted Bundy”, adotou um estilo sem muitas novidades, mas com grandes estrelas e atuações. Sem reproduções dos homicídios, em respeito às famílias das vítimas, a narrativa, apresentada pelo ponto de vista de uma mulher apaixonada e enganada, revela os traços mais marcantes da personalidade de Ted, seu poder de persuasão, maldade e charme.

Segundo a crítica, o filme é interessante e se justifica, por não ser um filme apenas sobre Ted, mas sim sobre como sua esposa via a situação. No entanto, guardando a face vil do protagonista para a última hora, o clima é romantizado e pode passar uma ideia errada, principalmente pelo encanto trazido pela atuação de Efron.

Leia a sinopse

Cinebiografia de Ted Bundy (Zac Efron), serial killer que matou, pelo menos, 30 mulheres em sete estados norte-americanos durante a década de 1970. Bundy se tornou famoso em todo o país, em parte por causa da fama de sedutor, que levou a conquistar várias fãs, e em parte por ter efetuado sua própria defesa nos tribunais. A trajetória do psicopata é contada pelo ponto das mulheres que amou: Liz Kendall (Lily Collins), com quem se casou, e Carole Ann Boone (Kaya Scodelario), amante que o apoiou durante o longo julgamento nos tribunais.

Veja o trailer

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*