Home / Notícias / Policial / Acusado de matar namorada com tiro na cabeça será julgado hoje

Acusado de matar namorada com tiro na cabeça será julgado hoje


O réu Luciano Machado Pereira Aquino, conhecido como “Pelé”, que está preso há pouco mais de dois anos, será réu hoje, 8 de novembro, no Tribunal do Júri de Araucária a partir das 9h. Ele é acusado de matar a então namorada, Maguilaine Godoy dos Santos, 24 anos, com arma de fogo na manhã de 24 de fevereiro de 2015, na rua Adão Antonio Gondek, no jardim Serra Dourada, bairro Costeira.

A vítima levou um tiro na cabeça dentro da casa em que morava, tentou correr para pedir ajuda, mas acabou caindo em via pública, onde veio a óbito. Desde que começaram as investigações, o principal suspeito era Luciano, que, de acordo com a mãe de Maguilaine, discutia com frequência com a filha.

Na data do assassinato, vizinhos teriam visto o suspeito sair da casa da namorada fazendo um movimento como se estivesse guardando uma arma na cintura. Ainda, de acordo com o Boletim de Ocorrência registrado na época do crime, Maguilaine teria comentado com a mãe, na noite anterior que “tinha medo de morrer”.

JÚRI DA SEMANA PASSADA

Na última semana, pela tentativa de homicídio contra Alessandro Vargas em 26 de fevereiro de 2017, o réu Valdiclei Ferreira Grobb foi condenado a 9 anos e 4 meses de reclusão inicialmente em regime fechado.

O crime teria sido motivado por desavenças entre os envolvidos. O autor golpeou a vítima no braço e no intestino, mas Alessandro foi encaminhado ao hospital e sobreviveu aos ferimentos, apesar de ter tido consequências graves. A vítima quase veio a óbito e ficou hospitalizada por 30 dias, sendo submetida a diversas cirurgias.

Contudo, considerando que o réu já vinha respondendo ao processo em liberdade, o juiz concedeu o direito de Valdiclei recorrer a sentença em liberdade.

Publicado na edição 1138 – 08/11/18

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*