Um agricultor da localidade rural do Tietê foi flagrado pelo Pelotão Ambiental da Guarda Municipal na quinta-feira, 21 de maio, degradando o solo em uma Área de Preservação Permanente (APP). O homem foi noticiado a comparecer na Secretaria do Meio Ambiente nesta segunda-feira, 25, para prestar esclarecimentos e aca­bou recebendo uma multa de R$ 10 mil, por intervenção em APP.

A empresa terceirizada que executava o serviço na área também recebeu uma multa de R$ 500,00. As intervenções nessas áreas só podem ser feitas quando autorizadas pelo órgão ambiental competente.

Foto: divulgação

Publicado na edição 1214 – 28/05/2020