Home / Colunas / Editorial / Aguentemos mais um pouco!

Aguentemos mais um pouco!


Assim como todo o mundo, Araucária segue em alerta em razão do coronavírus. Este alerta, porém, não pode ser só das autoridades em saúde do mundo. Não pode ser somente do poder público. Não pode apenas ser do outro. Este alerta precisa ser de todos nós!

E manter o senso de alerta carece de treino constante. Do contrário, naturalmente, tendemos a relaxar e sem estarmos atentos, a consequência será a explosão de casos, a explosão de mortes.

Os moradores de Araucária precisam ainda tomar o cuidado de não se deixar levar por discursos vazios de autoridades inconsequentes quando do assunto é saúde. Não é o momento de tratarmos uma questão médico/sanitária com uma coragem inconsequente.

E, neste momento, inconsequência seria não atender as orientações das autoridades médicas, que materializam seus discursos por meio da Organização Mundial de Saúde (OMS), Ministério da Saúde (MS), Secretaria de Estado da Saúde (SESA) e Secretaria Municipal de Saúde (SMSA). São eles que entendem de saúde. São eles os mais capacitados a falar/ensinar o que devemos fazer neste momento de pandemia.

Haverá, com certeza, consequências econômicas/financeiras à coletividade ante a necessidade de preservamos milhares, milhões de vidas. Talvez, no futuro, alguns até considerem que houve exagero nas medidas de prevenção. E, se isso realmente acontecer, acredite, é porque não houve exagero!

Sigamos firmes e fortes, mantendo a recomendação de isolamento domiciliar. Fiquemos em casa o máximo de tempo possível, até para permitir que aqueles que não podem ficar em seus lares estejam mais seguros. Pensemos nisso, boa leitura e, não se esqueça, mantenha a quarentena!

Publicado na edição 1206 – 02/04/2020

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*