A Secretaria Municipal de Educação (SMED) promoveu o segundo Seminário sobre Trabalho Infantil, com o tema “A Escola no combate ao Trabalho Infantil”. O evento foi realizado na última segunda-feira (20) no Anfiteatro da Prefeitura de Araucária e contou com a participação de professores, pedagogos e diretores de escolas. Uma exposição de trabalhos produzidos pelos estudantes durante o primeiro semestre foi montada no saguão do Paço Municipal.

Durante o encontro, os participantes assistiram a uma palestra com o auditor do Ministério do Trabalho, Rui Alberto Ecker Tavares, que falou sobre o trabalho infantil no Brasil. Também destacou alguns mitos sobre o trabalho infantil.

O auditor afirmou que algumas pessoas usam esses mitos como se fossem verdades para justificar a importância das crianças trabalharem, por exemplo, dizendo que o trabalho educa o caráter da criança, sendo um valor ético e moral. “É algo cultural, que vamos superando com o tempo. O uso do cinto de segurança, antes não era obrigatório. Hoje todos usam e não é pela multa, mas pela segurança que traz”, disse.

Em seguida a assistente social Rosi Sinja, conversou com profissionais e abriu um debate sobre o tema. Houve também relatos dos estudantes da Escola Alderico e apresentação de um vídeo realizado pela Escola Delani. Ainda como parte do evento, os estudantes da Escola Rosa Picheth e da Escola João Sperandio realizaram apresentações culturais.

Segundo Soeli Lechinhoski, coordenadora da SMED, o Seminário faz parte do programa MPT na Escola, iniciativa do Ministério Público do Trabalho, que desde o ano passado é desenvolvido em todas as escolas do município, com os alunos do 5º ano do Ensino Fundamental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.