Início / Colunas / Editorial / Até onde vai a liberdade de expressão?

Até onde vai a liberdade de expressão?


Vivemos numa época em que o ódio por grupos específicos é destilado diariamente pelos quatro cantos. Por outro lado, outros grupos tentam disseminar a paz e combater manifestações que vão por um caminho inverso à liberdade de expressão.

Liberdade de expressão é o direito que qualquer indivíduo tem de manifestar suas opiniões, ideias e pensamentos, sem sofrer retaliação ou censura. Porém, o respeito a negros, amarelos, homossexuais, tatuados, rockeiros, gordos, magros, carecas, altos, baixos, e tantos e tantos outros, é o princípio fundamental para uma boa convivência em sociedade.

Mensagens de ódio têm sido publicadas cada vez com mais frequência em redes sociais e, em Araucária, esse ódio também vem sendo propagado através de pichações contra negros e com apologia ao nazismo, feitas em muros de instituições públicas e comércios da cidade.

Esse tipo de expressão vai além do direito de cada indivíduo, uma vez que fere a honra e a dignidade alheia. Sendo assim, a polícia de Araucária segue empenhada em descobrir a autoria destas pichações, no entanto, o fato da ação acontecer na surdina e em locais sem luminosidade e sem câmeras de segurança, dificulta o trabalho das autoridades locais.

Está mais do que na hora de coibir atitudes como essas. Se você notar alguém praticando tais atos, entre em contato com a polícia, faça sua parte e denuncie. Leia mais sobre o assunto na página 11.

 

Publicado na edição 1105 – 22/03/2018

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*