Home / Notícias / Política / Atendimento presencial no Fundo de Previdência de Araucária segue suspenso

Atendimento presencial no Fundo de Previdência de Araucária segue suspenso


O Conselho Administrativo do Fundo de Previdência Municipal de Araucária (FPMA) decidiu prorrogar por mais 30 dias a suspensão dos atendimentos presenciais e simulações de aposentadorias realizados pelo órgão.

A resolução foi publicada no Diário Oficial do Município na última segunda-feira, 25 de maio. As medidas foram tomadas para evitar a aglomeração de pessoas em sua sede, fazendo com que sejam reduzidas eventuais chances de contágio pelo novo coronavírus. No caso do FPMA, a cautela com a retomada do atendimento presencial precisa ser redobrada em razão de seu público: aposentados e pensionistas, os quais – em sua maioria – integram o grupo de risco do Covid-19, seja por conta da faixa etária ou da saúde mais frágil.

Perícias

A nova resolução também estipula que realização de perícias seguirá sendo feita por meio da apresentação de documentação médica. Com isso, o servidor que precisar ser afastado do trabalho, deverá digitalizar o atestado, exames, laudos médicos, entre outros, e enviar para o e-mail: [email protected], o qual será analisado pelo médico perito, prevê a publicação.

A expectativa agora é que o FPMA reabra para receber servidores da ativa, aposentados e pensionistas no dia 23 de junho. Até lá os funcionários do órgão trabalharão essencialmente de maneira remota. “Informamos que os processos administrativos de aposentadoria e de pensão terão seus procedimentos de concessão adequados ao serviço remoto, neste período de pandemia, para que continuem os trâmites necessários, mas respeitando o distanciamento social. Estamos trabalhando para minimizar os transtornos, mas visando a responsabilidade com a vida humana” explicou o FPMA por meio de nota.

Serviço

Quem precisar manter contato com o FPMA neste período de suspensão do atendimento presencial deverá fazê-lo por meio do telefone 3642-4075 ou pelo email [email protected]

Texto: Waldiclei Barboza

Publicado na edição 1214 – 28/05/2020

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*