Foto: Everson Santos

 

Nesta semana, 272 animais, entre cães e gatos, que estão sob os cuidados de protetoras cadastradas pela Prefeitura foram atendidos pelo programa Castração Solidária. A unidade móvel do programa esteve no Parque Cachoeira na segunda-feira, 21, e na quarta-feira, 23, para realizar as castrações agendadas. No total, serão 3.200 animais atendidos. O programa é voltado para atender a animais de pessoas de baixa renda e de protetoras cadastradas e ocorrerá em diversas regiões da cidade. O cadastro para o serviço deve ser realizado via Central da Cidadania, recurso disponível no site da Prefeitura (www.araucaria.pr.gov.br).

A protetora Ieda Maria levou cerca de 27 cães para a castração. Segundo ela, a economia com essa ação é de quase R$ 300 por animal; sem falar no macacão cirúrgico entregue para as fêmeas e os remédios do pós-operatório que foram disponibilizados gratuitamente. “Os veterinários são muito atenciosos e deram os remédios certos de acordo com o peso do cachorro”, destacou Ieda. A atuação das protetoras de animais é fundamental nos cuidados com cães abandonados. A Prefeitura mantém um cadastro de protetoras tem buscado trabalhar em conjunto com elas. Mais informações sobre esse cadastro com a Secretaria de Meio Ambiente:3614-7480.

A unidade móvel do programa realiza o procedimento em vários animais ao mesmo tempo. Os moradores também recebem orientações sobre os cuidados que devem tomar no período pós-operatório dos animais. Entre as vantagens da castração em cães e gatos estão: a redução da agressividade, o combate à superpopulação, a prevenção ao câncer e o aumento do tempo de vida. Podem ser castrados animais de 6 meses a 7 anos de idade.

Cadastro

Moradores interessados em ter seu cão ou gato castrado podem agendar pela Central da Cidadania (site da Prefeitura – link disponível na barra de serviços localizada na parte superior da página). É preciso realizar um rápido cadastro no site para ter acesso à Central da Cidadania – e depois selecionar “animais” e, na sequência, “castração de cães e gatos”. Entre as informações necessárias para solicitar a castração está o Número de Identificação Social (NIS). Ao se aproximar uma nova etapa de procedimentos cirúrgicos, a Prefeitura entra em contato com o proprietário do animal, conforme contatos cadastrados.

Texto: assessoria