Check-up


Rapaziada no armazéi dos Iskapinski tavon tudo falando do compadre Iacho que anda nas última, que béi feito, nunca se cuidando da saúde e abusando nas comida, nas bebida e só fazéndo festa, que estando com cinquenta ano mais parecendo que estando com oitenta e nunca fazéndo exame pra ver como as coisa andon. Iéu ficando bém quietinho no meu canto, proqué nunca ansim se cuidando também, médico iéu indo só quando as erva non fazéndo mais efeito e remédio único que usando é das lombriga, mais iésto já fazéndo uns quarenta ano. Despois que mudaron de conversa iéu preguntando pro Iskapinski que iéle anda fazéndo pra cuidar de saúde e Iskapinski me dizendo que iéle fazéndo Check-up, todo ano tirando sangue pra analise. Iéu ficando pensando, se iéu non téndo conta em banco como vai fazer iéste tal de Check? Enton pensando que pra non virar conserva de botequim daqui uns tempo, primero tendo que abrir conta no banco. Mais que banco, achoque neste banco de sangue que ficando dréntro do hospital. Notro dia iéu tomando banho e foi pra vila percurar iéste banco de sangue, no hospital, enfermera preguntando se iéu vindo fazer doaçon, ieu pensando que hospital mesmo estando mal das perna que percizando de doaçon, iéu pensando enton em ajudar dando umas duas galinha poedera e falô pra enfermera que se perciando iéu doando mesmo. Iéla enton mandando esperar numa sala até chamarem iéu pra entrevista. Iéu pensando, será que iela pensando que iéu querendo emprego pra fazer entrevista? Vai ver que sendo custume antes de abrir conta, pra conhecer melhor os freguéis. Non demorando muito médico mandando entrar numa outra salinha e já começo preguntando se iéu sendo Diabético, iéu falô que non, que sendo do Capon Fechado. Médico enton preguntando se iéu já teve patite, iéu falô que non, nunca criando pato, mais tendo gansite. Preguntô se tendo problema de derame, iéu falando que das véis, vai tomá pinguinha e derama metade no chon. Preguntô se os intestino funcionam bém, iéu falando que das véis dando diaréia, mas diaréia non sendo problema, problema sendo noiteréia, de dia a gente sai corendo pra casinha mas de, até levantar de cama, ascender lampeon das véis non dando tempo e daí dando problema de enchacueca. Enton continuando preguntando se iéu tendo romantismo, iéu contando que sendo soltéro. Enton pro finalmente preguntando se iéu já fazéndo operaçon, iéu contando que ainda nem abrindo conta pra fazer iéste tipo de operaçon de banco. Médico enton preguntando se iéu tomando álcool nos último dois dia, iéu falando que alccol non, mas pinguinha tomando de manhazinha pra dar corage. Enton médico mandando parar com pinguinha pra non dar cirose simpática e despois voltar. Desgracéra Mésmo!!!! Agora tém que parar de beber pra abrir conta? Que Diabo! Iéu vai cuidar da saúde iéu mesmo, mudando alguns custume, começando com bebida, quando Iskapinski foi servir pinguinga iéu falando pra iéle que querendo Gin. Iskapinski achando estranho, foi pegar garafa de Gin e quando foi ponhar no copo iéu falô, Gim sem alco. Iskapinski falado que non tendo Gin sem alco, iéu enton falô, como que non téi? Gin-gibira!

Publicado na edição 1132 – 27/09/18

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*