Home / Notícias / Geral / Ciclone bomba provocou vários estragos em Araucária

Ciclone bomba provocou vários estragos em Araucária


Os ventos fortes que atingiram Araucária nesta terça-feira, 30 de junho, deixaram um rastro de destruição, com casas destelhadas, árvores caídas, ruas obstruídas e locais com risco de desabamento. A Defesa Civil realizou 16 atendimentos, cinco deles referentes à queda de árvores e outros em residências danificadas pelos ventos fortes. As principais ocorrências foram registradas no bairro Porto da Laranjeiras, nos jardins Tupy e Maranhão, e na região central.

Nesta quarta-feira, 1º de julho, outros 30 pedidos de ajuda chegaram na central do órgão, para serviços de desobstrução de vias, destelhamento e até de uma vistoria em um barracão no jardim Industrial, onde havia risco de desabamento. Ao todo, cerca de 2.400 metros de lona foram distribuídos pela defesa Civil para atender as pessoas que tiveram suas casas destelhadas.

A passagem do fenômeno conhecido como ciclone bomba pelo Paraná, afetou Curitiba, região metropolitana e cidades de diversas regiões do Estado. Em Araucária, milhares de casas ficaram sem luz, com demora no restabelecimento, e muitas também foram afetadas pela falta de água. Até o momento, não há registros de pessoas feridas.

Auxílio

A Defesa Civil pode ser acionada pelo telefone 153. O telefone da Copel para reclamar falta de luz é o 0800 51 00 116, a ligação é gratuita e o serviço funciona 24h. O Serviço de Atendimento ao Cliente da Sanepar é feito pelo telefone 0800 200 0115, que também funciona 24h. Ao ligar, tenha em mãos a conta de água ou o número de sua matrícula.

Texto: Maurenn Bernardo

Foto: divulgação

Publicado na edição 1219 – 02/07/2020

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*