Home / Colunas / Observatório Social / Cidadania em tempo de pandemia

Cidadania em tempo de pandemia

Nesta fase em que a pandemia está instalada e existe um elevado risco da sua transmissão na população, o objetivo fundamental da saúde pública é minimizar o seu impacto. Ora para que tal possa ser prosseguido com eficácia as autoridades competentes, depois de muito diálogo e ponderação, decidiram decretar o Estado de Emergência e impor um conjunto de restrições aos direitos, liberdades e garantias, sobretudo no que se refere à circulação. Ainda sabemos muito pouco sobre a gênese da pandemia, mas o suficiente sobre o seu galopante desenvolvimento e consequências para a vida em sociedade e quase nada sobre como tudo isto vai acabar.

A cidadania democrática corresponde a um conceito de dinâmica multidirecional. Na definição do Conselho da Europa, “tem uma dimensão social, política, econômica, cultural, ambiental e espiritual. É também um processo de aprendizagem ao longo da vida. Concentra-se em torno do seguinte objetivo: Participação, parceria, coesão social, acesso equidade, responsabilidade e solidariedade”. A cidadania é o marco que determina onde se encerram os meus direitos individuais em prol do bem-estar da coletividade. Enfim, de agora em diante, sejamos todos cidadãos! Sem indiferenças ou descrenças diante dos fatos. A cidadania é a melhor defesa contra o coronavírus. (Fonte: https://www.mdb.pt/opiniao/amandio-correia/cidadania-e-valores-em-tempo-de-pandemia)

Publicado na edição 1213 – 21/05/2020

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*