Início / Colunas / Isidorio Duppa / Com as próprias mãos

Com as próprias mãos


Se izistindo coisa que me dechando virado das cabeça sendo de gente que prometendo as coisa e non cumprindo, robando o que mais de percioso nóis temo na vida que sendo o tempo, porque iéste non voltando mais e cada segundo que passando sendo um segundo a menos na vida, por iesto, iestas pessoa que non se preocupon com o tempo dos otro ton na verdade robando um poco da vida o otro. Otro dia iéu contratando Filisbino, que sendo carpintero, pra fazer uns conserto no soaio da cozinha que estando podre e iéu estando com medo que caia tudo, marquemo bem cedo e pra non perder tempo iéu dexô mesa, geladera, os armário, caxon de lenha, tudo impiado na sala e ficô esperando Filisbino, passô manhan intera e nada do desgraçado, passô tarde e nada do lazarento, me deu uma réiva ton grande de perder dia trabalho que iéu ficô pulando de brabeza, cós pulo, chon veio abaxo, agora nem cozinha, nem sala podendo usar. Passado uns dois dia iéu encontra Filisbino no armazém do Iskapinski dizendo que non teve tempo de passar e consertar soaio, iéu quase dando soco na cara do desgraçado foi dizendo que agora non percisando mais porque iéu mesmo consertando. Otra veis foi na perfetura fazer pedido pra veterinário vacinar as vaca e mocinha dizendo que notro dia veterinário indo, iéu se incomodô pra dar banho nas vaca, dexar cherosa e com as teta limpa, porque quando a gente vai no médico tem que pelo menos tomar um banho pra médico non pensar que semo porco. Iéu perdendo dia de trabaio isperando dia intero e nada do veterinário aparecer, foi fazer reclamaçón na perfetura notro dia e rapaizinho dizendo que os veterinário ton tudo de féria, iéu gritando dizendo que mocinha falando que iéles indo lá em casa e rapaizinho falando que mocinha sendo estagiária e non sabendo de porcaria nenhuma. Iéu ficando vermeion de réiva deu ponta-pé nas cadera e saiéu bufando e falando que agora non percizando mais porque iéu mesmo comprando vacina e dando pras vaca. Iéu passando na casa que tendo dois coraçón na frente, proque percizando poco dos carinho que a gente pagando pras moça e só a dona veruguenta que estando dizendo as mocinha foron tudo pra cidade e que se podendo esperar umas duas hora iélas voltando. Iéu sentadon na sala de espera ficando e dando duas hora e nada, mais duas hora e nada, já até estando meio escuro pra voltar pra casa e preocupado pra tratar criaçón chamô a véia veruguenta e preguntô se ainda demorando as moça e véia dizendo que iélas non vindo mais proque non tendo muito movimento e iéla dispensando do trabaio e que se querendo iéla podendo fazer sirviço. Iéu enton falando pra véia que agora non percizando mais porque iéu já resolvendo. Por Isto que iéu sempre falando, pra non perder tempo e non passar réiva, mior coisa mesmo é resolver os problema com as próprias mons.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*