Home / Notícias / Geral / Comércio comemora o resultado das vendas de Natal

Comércio comemora o resultado das vendas de Natal

Neste início de ano as lojas apostam nos saldões para limpar os estoques

Neste início de ano as lojas apostam nos saldões para limpar os estoques

O Papai Noel foi gordo este ano. Pelo menos para os comerciantes de Araucária que estão comemorando o resultado das vendas que superaram, e muito, as expectativas neste Natal. O movimento mais intenso no comércio foi, com certeza, na semana da véspera do dia 25, pois a maioria das pessoas deixou para fazer suas compras na última hora.

“Eu só consegui sair para comprar os presentes na manhã do dia 24. Por um lado foi um pouco estressante devido ao grande movimento das lojas, tive que enfrentar fila e ter paciência. Mas, em compensação eu consegui uns bons descontos, pois como era praticamente no dia do Natal já tinha bastante coisa em promoção”, conta a diarista, Cristiane Fila.

Segundo informações da Aciaa (Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Araucária) o balanço foi muito positivo. “Para a maioria dos empresários as vendas foram bem acima do esperado. O faturamento foi muito bom neste mês de dezembro. Foram poucas as lojas que não bateram a meta”, afirma a diretora da área comercial da Associação Comercial, Nathaly Durau Fruet.

Ainda segundo informações, os segmentos que venderam melhor foram os de calçados, roupas, brinquedos e eletrônicos e, apesar da crise financeira que assola o país, ninguém deixou de comprar presente de Natal.

A empresária, Nanny Melo, conta que desde que inaugurou sua loja, há cinco anos, nunca teve um faturamento tão expressivo nas vendas de final de ano. “Fechamos a loja para fazer o balanço no primeiro dia útil do ano e realmente nos surpreendemos. As vendas superaram as nossas expectativas e esse, além de ser o mês do ano em que mais vendemos, foi também o mês com recorde de faturamento dos últimos anos”, comemora.

Da mesma forma, a comerciante Erika Vanessa Kampa Ozório diz que as vendas superaram as expectativas, porém foram bem parecidas com as de 2015. “Mesmo querendo vender mais, nossa previsão de vendas para esse final de ano era de vender menos, devido ao cenário brasileiro. Por isso, nossa expectativa foi atendida. Acredito que os últimos acontecimentos no município como, por exemplo, a situação política, atraso no pagamento do 13º dos servidores, greve do transporte, acabaram prejudicando o comércio”, diz.

Como forma de aumentar as vendas de Natal, o comércio local ampliou seu horário de funcionamento para até as 20h, inclusive aos sábados. Além disso, muitas lojas também abriram suas portas no domingo, o que não é nada comum em outras épocas do ano. Para Erika, que sempre estende o horário de funcionamento da sua loja esperando vender mais, isso nem sempre acontece. “Além disso, a gente sempre fica com certo receio por conta da nossa segurança”, completa.

Chirlei Bachega, proprietária de uma ótica, diz que as vendas de dezembro de 2016 tiveram um crescimento de 3%. “Mas comparando com 2014 para 2015, esse crescimento foi de 50%. Ficamos felizes porque não caiu o movimento, mas esperávamos um crescimento ainda maior. No meu segmento não foi só a questão de crise, mas também a chegada de muitos concorrentes de grandes redes que se instalaram aqui ao longo do ano”, destaca.

Saldão pós Natal

Como já se tornou tradição em todo o país, os saldões de início de ano também já começaram em Araucária. E não são apenas as grandes redes que têm oferecido excelentes descontos aos clientes, muitas lojas de pequeno e médio porte também aderiram às promoções para acabar com mercadorias em estoque e poder receber as novidades.

Os descontos começaram na última segunda-feira, dia 2, e alguns varejistas prometem uma redução de até 70% do preço da etiqueta. Os principais segmentos são de eletrodomésticos, móveis e confecções.

Mas, quem pretende garantir suas compras com estes super descontos tem que correr, pois na maioria das lojas as promoções vão somente até o final desta semana.

Foto: Everson Santos

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*