Início / Notícias / Política / Em 2020, linha Ligeirinho Araucária-Capão Raso terá aumento de quase 30% no número de horários em dias de semana

Em 2020, linha Ligeirinho Araucária-Capão Raso terá aumento de quase 30% no número de horários em dias de semana


A partir de 2020 os passageiros que utilizam o Ligeirinho Araucária-Capão Raso terão mais opções de horários de saída e chegada nos dias de semana. O reforço é de quase 30%, passando dos atuais 87 saídas diárias para 111.

O acréscimo no número de horários será possível porque o prefeito Hissam Hussein Dehaini (Cidadania) assinou na semana passada o convênio com a Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) prorrogando por mais um ano o convênio que permite a integração das linhas de transporte coletivo entre os terminais de ônibus de Araucária e Curitiba.

Atualmente, Araucária paga à Comec R$ 742 mil por mês para manter a integração, que permite – entre outras vantagens aos passageiros – acessar os terminais de Curitiba pagando apenas uma tarifa.

Com a prorrogação, o valor atual de R$ 742 mil mensais passará para R$ 955 mil. O acréscimo se dá em razão da correção inflacionária anual e do aumento no número de horários disponíveis.

Angélica-Pinheirinho

Além das linhas Ligeirinho Araucária-Capão Raso (H-02), a prorrogação do convênio também previu um reforço no número de saídas disponíveis da linha Angélica-Pinheirinho (H-24). O incremento é da ordem de quase 22%.

Como fica?

Hoje, de segunda a sexta-feira, são 87 saídas disponíveis da linha Ligeirinho Araucária-Capão Raso. A partir de 2020 este número sobe para 111. Já a linha Angélica-Pinheirinho sobe dos atuais 66 horários para 81. Só esses aumentos de horários custarão aos cofres da Prefeitura quase R$ 195 mil por mês. “Conseguimos melhorar esse convênio para aumentar o número de horários disponíveis para o trabalhador de Araucária por conta da nossa parceria com a Comec e porque aqui na nossa gestão todo o nosso esforço é para melhorar a vida do cidadão. Esses quase R$ 200 mil que estamos aumentando mensalmente no convênio é dinheiro da própria população, que – ao contrário de outros tempos – não fica mais nos bolsos de políticos corrutos. Agora, ele volta pro trabalhador na forma de mais serviço público. Tem muito político e empresário antigo aí da cidade que não gosta da nossa maneira de governar por conta disso. Porque a cada nova melhoria no transporte coletivo que fazemos mostramos o quanto já se roubou nesta cidade no passado”, enfatizou o prefeito.

Ao longo de janeiro

A previsão da Secretaria Municipal de Planejamento (SMPL) é a de que o reforço no número de saídas das linhas H-02 e H-24 estejam efetivadas ainda no mês de janeiro de 2020.

2 comments

  1. Saudades quando tinhamos o ligeirinho araucaria.Andei por tudo com ele nos tempos gloriosos.E quem lembra da estação tubo kenedi(frente extra kendedy) e nao somente o da vila guaira?E da estação sminario,do cavalo baio?Que coisa ajudava tanto e era um simbolo da regiao metropolitana

  2. Quase 1 milhão de reais pra continuar com ônibus velhos, cheios de problemas, pego todos os dias o Araucária/Curitiba e quando não é aqueles usados de Goias, ou sei lá de onde, são os velhos daqui com buracos na parede, portas que não fecham direito, problemas mecânicos a rodo, enquanto isso as empresas lucrando e inventando histórias que não ganham o suficiente e o povo que precisa se ferrando

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.