Início / Colunas / Editorial / Em busca do orgulho perdido

Em busca do orgulho perdido


Ao longo dos últimos meses toda a equipe de O Popular esteve envolvida no planejamento e execução do 1º Fórum Araucária, que chega aos araucarienses de duas formas. A primeira na forma de um suplemento especial, que é parte integrante desta edição de 15 de agosto. A segunda tem início também nesta quinta-feira, só que a partir das 18h30, quando no auditório da FAE será aberta a rodada de painéis e palestras que têm como objetivo maior discutir nosso polo industrial.

Todos os momentos do Fórum Araucária têm como objetivo maior aproximar o setor industrial do dia a dia da comunidade araucariense e a meta é esta porque historicamente sempre tratamos o nosso pool de empresas como um mal necessário, como se tivéssemos que “suportar” as indústrias em troca dos tributos gerados por elas. Porém, é chegada a hora de mudarmos isso. É chegada a hora de passarmos a ter orgulho das empresas que aqui estão instaladas.

Orgulho? Sim, orgulho! Afinal, como não ter orgulho de morar na cidade que é o mais pujante polo industrial do Paraná? Como não querer gritar aos quatro ventos que somos o pulmão econômico do Estado?

Obviamente, para nos gabarmos de algo é preciso conhecer um pouco mais a fundo o assunto. E é aí que entra nosso suplemento especial. É por meio dele que saberemos o começo disso tudo e teremos um pouco de noção de até onde ainda podemos chegar.

Já por meio do ciclo de palestras e painéis teremos a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre algumas de nossas indústrias. Sobre a tecnologia envolvida em suas linhas de produção e sobre o que elas estão preparando para o futuro.

Enfim, o que temos são dois materiais distintos, mas que se completam, o que torna necessária a participação de quem quer realmente conhecer Araucária em ambos.

Muito obrigado por ler O Popular e não deixe de participar do Fórum Araucária na noite de hoje e de amanhã. Você será muito bem vindo!

Publicado na edição 1176 – 15/08/2019

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*