Início / Notícias / Comercial / Empresa araucariense recicla toneladas de pneus diariamente

Empresa araucariense recicla toneladas de pneus diariamente


A empresa tritura quase 50 mil toneladas de material por ano e envia para cimenteiras como a Votorantin

A empresa tritura quase 50 mil toneladas de material por ano e envia para cimenteiras como a Votorantin

Legenda 2 - Cópia
Em um momento histórico no Brasil em que toda a população é convocada a se unir na luta contra a dengue e o zika vírus, Araucária sai na frente com uma empresa que recicla os principais acumuladores de água parada: pneus velhos. E quando fala em reciclagem, essa companhia não se refere a dois ou três produtos que recebem a destinação correta. São quase 50 mil toneladas de pneus triturados anualmente, ou seja, 4 mil toneladas por mês e mais de 70 mil unidades por dia.

Esse trabalho é desenvolvido pela Xibiu Comércio e Reciclagem de Pneus desde a década de 90 e chama a atenção no bairro Thomaz Coelho. “Nossa empresa foi fundada para comprar e vender pneus usados, mas depois que saiu a resolução 258/99 do Conama nós começamos a fazer a trituração e destinação ambientalmente correta desse material”, conta o empresário Claudino Redentor Ferreira.

Segundo ele, o trabalho começou em 2002 atendendo algumas cidades do estado, mas hoje abrange todo o Sul do Brasil. “Temos pontos de coleta em diversas cidades do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, e recebemos mais de 10 carretas de pneus diariamente”, afirma.

Ao chegar à empresa, esses pneus inservíveis – que não podem mais ser usados em veículos e nem em reformas como recapagem e remoldagem – são encaminhados para o processo de trituração. “Eles são transformados em pequenos pedaços do tamanho de uma caixa de fósforos e são enviados para as maiores cimenteiras do país como a Votorantin”, explica.

Nessas indústrias, o material é queimado como combustível alternativo devido ao seu alto poder calorífico, encerrando o ciclo dos pneus. “É uma ótima maneira de destinar o produto, mas estamos com dificuldades atualmente devido à crise econômica. Então, esperamos que a produção dessas indústrias volte a crescer para utilizar o grande volume de combustível que produzimos”.

Enquanto Claudino torce para que a produtividade das cimenteiras aumente, ele continua recebendo os pneus velhos e fica à disposição da comunidade araucariense. “Para trazer o material, basta ligar marcando o horário de entrega. Afinal, estamos aqui para servir nossa cidade”, pontua. A empresa fica localizada na rua Lourenço Grabowski, 329, e atende pelo telefone 3643-8590.

Texto: Raquel Derevecki / FOTOS: MARCO CHARNESKI

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*