Home / Notícias / Coronavírus / Empresa do PR é responsável pela alimentação dos pacientes com COVID-19 atendidos no primeiro Hospital de Campanha do País

Empresa do PR é responsável pela alimentação dos pacientes com COVID-19 atendidos no primeiro Hospital de Campanha do País


No último sábado, 18 de abril, o primeiro hospital de campanha do Brasil começou a atender os pacientes positivos para coronavírus. O Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza (CE), foi o local escolhido para receber uma estrutura de atendimento com 204 leitos, tendo capacidade de ampliação para mais 204. E olha só que notícia melhor ainda: a Risotolândia Saúde, empresa paranaense que desde ano passado está na região Nordeste fornecendo toda a alimentação do hospital Nossa Senhora da Conceição, agora é também responsável pela refeição dos pacientes confirmados para COVID-19 no hospital de campanha, além dos profissionais de saúde envolvidos no projeto.

“Levamos para Fortaleza tudo o que é necessário para operacionalizar o dia a dia de uma cozinha, atendendo com qualidade, sabor e segurança. Sabemos o quanto a alimentação é importante no processo de recuperação de um paciente e, diante de um cenário tão delicado como esse, nossas nutricionistas e equipe de atendimento estão fazendo o melhor para levar alegria através de nossas refeições, promovendo melhorias nos quadros clínicos”, disse Elizete Furtado, Diretora de Operações da Risotolândia.

Um dos diferenciais do atendimento são as dietas especiais. “Fazemos refeições diferenciadas para pacientes diabéticos, com hipertensão, obesidade ou outras necessidades. Temos a flexibilidade de adaptar o cardápio conforme necessidade clínica e orientação médica. Para pacientes que precisarem ser entubados, também faremos todo o atendimento de dieta enteral”, acrescenta a diretora.

Na equipe da Risotolândia estão nutricionistas clínicas, que acompanham os pacientes, nutricionistas para fazer todo o controle de produção – além da equipe de apoio (para todo esse período de implantação) e cozinha. “No total são 37 novos empregos gerados na região em meio a um período muito conturbado, de dificuldades financeiras para muitas famílias. Montamos uma equipe completa e muito engajada na causa”, finaliza Elizete.

Texto: assessoria

Foto: divulgação

Sobre Redação

Redação

One comment

  1. Avatar

    Isso aí se chama: DESVIO DE VERBA PÚBLICA. Qual o motivo de terem contratado uma empresa do Paraná sendo que em Fortaleza tem esse tipo de serviço? DESVIO DE VERBA PÚBLICA!!!!!

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*