Talvez as pessoas ainda não tenham se dado conta, mas a 2ª Conferência do Plano Diretor, marcada para acontecer amanhã, 5 de abril, à partir das 8h30, é o mais importante encontro que o Município realizará em 2014, pelo menos para aqueles interessados em investir na cidade, seja na construção de uma casa, de um comércio e coisas do gênero.

Nessa conferência, que será realizada na Escola de Gestão Pública, próximo ao CSU, serão votadas propostas de adequações e acréscimos às leis complementares ao Plano Diretor, principalmente no que diz respeito às normas urbanísticas existentes hoje na cidade e que regulam, por exemplo, quantas vagas de estacionamento um comércio deve ter ou o máximo de andares dos novos prédios que serão construídos em Araucária.

“É importante à participação da sociedade como um todo porque são essas normas que vamos votar lá na conferência que as pessoas terão que respeitar quando quiserem construir ou ampliar uma casa nova ou mesmo um comércio, indústria e assim por diante”, explicou o secretário de Planejamento, Fábio Alceu Fernandes.

Anteriormente
As propostas que serão votadas amanhã já foram discutidas em reuniões anteriores realizadas pela Secretaria de Planejamento. Delas participaram representantes do Conselho de Arquitetura, além de empresários do ramo imobiliário do Município. Entre as adequações que serão postas em votação amanhã esta a diminuição do número de vagas que os novos comércios precisam disponibilizar para seus clientes. Outra aumenta de três para quatro o número máximo de pavimentos dos novos prédios construídos na cidade. Porém, para isso, as construtoras terão que pagar o chamado potencial construtivo ao Município. Outras discussões dizem respeito a taxa de ocupação do solo de novos empreendimentos, construção de estacionamentos subterrâneos, tramitação de projetos pelos órgãos da Prefeitura, recuos mínimos que precisam ser respeitados em terrenos e assim por diante.

Ainda conforme a Secretaria de Planejamento, as alterações aprovadas na Conferência serão encaminhadas para formatação pelo Jurídico da Prefeitura e, depois, remetida pelo prefeito Olizandro José Ferreira (PMDB) à Câmara, que analisará os projetos e os aprovará, ou não, em plenário. Se a opção for a primeira, elas virarão lei e deverão ser cumpridas por todos que quiserem construir alguma coisa em Araucária.

Serviço
A conferência acontece amanhã (5), à partir das 8h30, na Escola de Gestão, que fica na rua Dionísio Grabowski, 65, próximo ao CSU.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.