Na página 7 desta edição estamos dando a reportagem sobre um trabalho que a Secretaria Municipal de Educação (SMED) desenvolveu em parceria com O Popular do Paraná. Consiste na produção de um jornal construído a partir de textos escritos por alunos da rede municipal de ensino chamando a atenção para o combate ao trabalho infantil. Depois de pronto foi distribuído para todas as escolas municipais de Araucária.

Esta é uma daquelas ações que merece destaque justamente por provocar os pequenos sobre um assunto que lhes diz respeito. Quando crianças são convidadas a escrever sobre algo acabam prestando muito mais atenção, começam a desenvolver um senso crítico e enxergar melhor algumas situações que antes passavam despercebidas. Seus textos são suas obras primas e vão querer mostrá-los a todos. Inevitavelmente a discussão do assunto acaba sendo provocada em suas casas, entre seus amiguinhos e por aí vai.

Uma das grandes carências em tempos de internet, de palavras abreviadas ao extremo e de diálogos monossilábicos, é fazer com que nossos pequenos leiam e escrevam corretamente. O fato dos textos desse jornal estarem com o nome dos autores, sejam eles alunos ou professores, acaba provocando um cuidado muito maior com a correção gramatical ou mesmo o conteúdo. O resultado é muito bacana. Os alunos e seus amigos param para ler os textos e, em alguns casos, alguns mudam radicalmente sua atitude e acabam tomando gosto pela leitura.

Cada vez que isso acontece percebemos que estar envolvidos nestas ações é parte de nossa missão de estimular as pessoas a se informarem, questionarem e construírem, a partir dos fatos, sua própria opinião. Pense nisso e boa leitura.