Início / Colunas / SMED / Estudante fatura medalha de prata em olimpíada de astronomia

Estudante fatura medalha de prata em olimpíada de astronomia


Pelo segundo ano consecutivo a Escola Municipal Sebastião Tavares da Silva, no Jardim Planalto, é premiada na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). Nesta 18ª edição, a escola teve uma estudante selecionada no nível 01 (anos iniciais). Maria Fernanda Tabate Harger Vieira, matriculada no 2º ano, conquistou a medalha de prata. Em 2014, cinco alunos já haviam sido premiados com medalhas de ouro, prata e bronze, na categoria de nível 03 (anos finais) na mesma instituição.

A realização da OBA nas escolas depende do apoio e dedicação da direção e de professores. Na Escola, o professor Valter André Abbeg aceitou o convite da pedagoga Rosangela Risoni e trabalhou sobre o conteúdo com 23 alunos do 2º ano.

Segundo o professor, a turma se empolgou e todos se empenharam bastante para a realização da olimpíada. “É importante que as crianças tenham esses momentos de valorização. Essa é uma das poucas olimpíadas para a faixa das crianças que estão em processo de alfabetização”.

Para Maria Fernanda, que deseja ser cientista, o resultado não era esperado. “Foi uma surpresa, estou muito feliz com a premiação”, disse. Para a mãe dela, Adriana do Rocio Tabate a conquista traz um orgulho imenso para toda a família e recompensa pelo esforço. “Ela é bem dedicada, sempre vejo ela pesquisando na internet sobre os conteúdos das aulas”.

A OBA tem por objetivos fomentar o interesse dos jovens pela Astronomia, Astronáutica e ciências afins e promover a difusão dos conhecimentos básicos de uma forma lúdica e cooperativa. A iniciativa realizada em todo o Brasil, contou com a participação de 838.156 estudantes de 9.552 escolas.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*