Home / Notícias / Geral / Falta de travessias em instituições de ensino também preocupa

Falta de travessias em instituições de ensino também preocupa

Comunidade chegou ao ponto de criar sua própria sinalização. Foto: Everson Santos

Moradores também apontaram falhas na sinalização na frente de instituições de ensino, como a Escola Municipal Helena Wysocki, no bairro Costeira, e o Cmei Professora Maria Izabel Hempkemaier, no Jardim Esperança, na região do Gralha Azul. Segundo eles, a travessia dos pedestres ficou perigosa após a retirada das lombadas.

No caso da escola, a Secretaria Municipal de Urbanismo explicou que vem acompanhando a saída dos alunos há certo tempo, e já constatou que o único ponto onde pode ser instalado o dispositivo, tem interferência de uma boca de lobo. Explicou ainda que vai solicitar à Secretaria de Obras o deslocamento da boca de lobo, para que a travessia possa ser implantada, bem como, adiantou que vai implantar outros tipos de sinalização naquela área escolar.

Já com relação ao Cmei, a SMUR também afirmou que as equipes estão no local quase que diariamente, e até o momento não foi registrado um fluxo intenso de veículos, que justifique a implantação de uma travessia. “Temos uma reclamação isolada de uma moradora, com respeito a velocidade dos veículos. De qualquer forma, vamos acompanhar a situação mais uns dias e, se for o caso, a travessia será implantada”, justificou a secretaria.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1175 – 08/08/2019

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*