Home / Colunas / Isidorio Duppa / Farmácia de Iskapinski

Farmácia de Iskapinski


Sempre que iéu percizando de um remédio, pra non ter que ir pra cidade comprar, iéu resolvendo com estoque que Iskapinski tendo no armazém. Ansim, se me dando queimaçón no peito, Iskapinski tendo estoque de leite de magnésia Phillips, se dando peso no estômo despois de almoçar na festa, Iskapinski tendo pelo menos umas quinze caxa de alcoolato de camomila composto. Se dando gripe forte, uns cumprimido de Instantina que Iskapinski vendendo dando jeito. Se sentindo fraqueza nas perna, só de biotônico Fontoura Iskapinski tendo duas partelera cheia. Se chulé espantando corvo, o Polvilho Granado do Iskapinski estando em promoçón, compre 2 e ganhe uma meia tréis quarto. Se ficando com batida roxa nas perna, Iskapinski vendendo Iodex a dedada, a gente mete dedo no pote e paga por dedada. Se dentatura soltando, Iskapinski tendo pilhas de lata de coréga em pó e ainda tendo perfumaria completa, trim pro cabelos, glostora, prefume cachimir bouquet, desodorante mistral e avanço e ainda umas duas cesta de xampú de travessero, de ovo, de barbosa e daqueles que nem percisa molhar cabeça pra passar, aqueles pra cabelos secos. Kollynos e signal flúor, Iskapinski inté fazendo embalage, compre 3 pague 3. Ansim, só quando percizando comprar remédio de graça que iéu percurando uma das farmácia chique e ilumiada da cidade. Como já fazendo uns dois ano que non comprando remédio na cidade, iéu foi comprar umas cibalena que estando em falta no Iskapinski, mais poblema acontecendo, iéu nem mais sabendo em qual farmácia comprando da última véis, onde tinha uma farmácia agora tem mais de cinco tudo junto uma lo lado da outra. Iéu pensando, será que povo tudo anda doente pra ter tanta fámacia junto? Entrô na Nonsei o nome e perguntando pro caxero proque tanta farmácia colada uma na outra e caxero dizendo que sendo pro causa da concorrênça, uma querendo vender mais que a outra, pro isso que uma brigando com a outra. Iéu pensando que Iskapinski que mesmo estando certo, sendo o único que tendo remédio na roça e non tendo concorrênça, pro isso nem se incomodando com a briga dos grande da cidade. Foi enton que iéu pensando que podendo ajudar o Iskapinski a ter mais remédio dando ideia de iéle comprar dos grande que estando brigando por preço, comprando remédio de promoçón e vendendo pelo preço de tabela e ainda ganhando uns trocado. Ansim, em véis de uma cartela de cibalena iéu comprando cinquenta, caxero preguntando pra que tanta cibalena, iéu explicando que indo ponhar na farmácia do Iskapinski lá no Capon Fechado. Nem bem iéu se achegando de volta da cidade, foi no Iskapinski com sacola cheia de cibalena e estando um caro da vigilência sanatória parado na frente do armazém caregando todos os estoque de remédio do Iskapinski. Iéu preguntando que acontecendo e Iskapinski dizendo que alguém da cidade fazendo denunça que tendo remédio no armazém e sendo proibido vender remédio vencido de 1975 e ainda tendo que ter farmacêutico e que agora vai ter que pagar multa procausa de um desgraçado que foi abrir bico na cidade pras otras farmácia concorente que tendo farmácia na roça! Desgracéra Mésmo!!! Só esperando que eu tendo muita dor de cabeça pra gastar estoque de cibalena que comprando.

Publicado na edição 1193 – 12/12/2019

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*