Início / Notícias / Policial / Hoje dois réus serão julgados por tentativa de homicídio

Hoje dois réus serão julgados por tentativa de homicídio


A partir das 9h desta quinta-feira, 28 de fevereiro, estarão no banco dos réus do Tribunal do Júri de Araucária Erick Marcos do Nascimento e Alexsandro Batista dos Santos. Os dois são acusados de tentar matar Sabrina Pinheiro Casa em abril de 2017.

Na época, o caso tomou repercussão na cidade porque a vítima foi encontrada inconsciente e muito machucada próximo a um campo de futebol no bairro Industrial. De acordo com informações da Delegacia da Mulher, que foram repassadas na época, Sabrina, moradora de Curitiba, teria saído de casa para trabalhar logo após o almoço e foi encontrada no fim da tarde em Araucária gravemente ferida.

Ainda na época, populares que teriam visto o ocorrido informaram que ela teria sido jogada por dois homens para fora de um carro VW Gol, modelo G5, cor preta. Ela foi encaminhada ao hospital, onde foram identificados cerca de 18 golpes de faca na cabeça, rosto e pescoço. Uma das facadas, inclusive, atingiu o olho de Sabrina. Ela ficou em coma e teve que permanecer internada por certo período para a recuperação. Quando acordou do coma, as informações eram de que ela não conseguia falar nem gesticular.

Alguns dias depois, Erick foi preso no bairro Capela Velha por roubo agravado. Na delegacia, ele confessou ser um dos autores da tentativa de homicídio contra Sabrina. Na data, ele contou à polícia que havia marcado um encontro com a vítima e assim que chegou ao local combinado, ele e outra pessoa, armaram uma emboscada e a colocaram dentro do carro. Os dois indivíduos a agrediram e, ain­da que muito ferida, Sabrina tentou fugir. O Gol usado no crime também foi encontrado incendiado dois dias após as agressões.

Familiares de Sabrina disseram à polícia que Erick era conhecido como “12” e que após a tentativa de assassinato não teria mais sido visto em Araucária. A família também suspeitava que ele seria um dos autores porque Sabrina havia comentado do encontro que teria com o rapaz para o pagamento de uma dívida.

Depois, com as diligências empreendidas pela Polícia Civil, Alexsandro também foi encontrado e, assim como Erick, segue preso aguardando o julgamento.

Publicado na edição 1152 –  28/02/2019

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*