Compartilhe esta notícia

Um suposto caso de estupro aconteceu no bairro Capela Velha na quinta-feira, 12 de novembro. A mãe da vítima, uma garota de 11 anos, chamou a Polícia Militar, dizendo que sua filha tinha sido abusada pelo padrasto. Relatou que de uns tempos pra cá, a menina estava tendo um comportamento diferente e que inclusive teria tentado tirar a própria vida. A mãe disse ainda que conseguiu conversar com a filha e ela confessou que o padrasto a havia molestado, por várias vezes, passando a mão pelo seu corpo e a obrigando a praticar sexo oral.

A mulher disse ainda que foi tirar satisfações com o companheiro e ele acabou confessando o abuso, depois pegou alguns pertences e saiu da casa, antes da chegada da equipe. A menina confessou aos policiais que os abusos aconteciam na antiga casa da família e isso já vinha ocorrendo há cerca de dois anos, mas que nunca contou nada a ninguém, porque o padrasto a ameaçava. Diante dos relatos, o Conselho Tutelar foi acionado e encaminhou a menina a um hospital em Curitiba, juntamente com a mãe, para uma avaliação médica. A PM fez buscas pela região, mas não conseguiu localizar o suspeito.

Publicado na edição 1239 – 19/11/2020

Compartilhe esta notícia
Fechar anúncio