Home / Colunas / Delegado Recalcatti / Homenagem a quem se dedica à comunidade

Homenagem a quem se dedica à comunidade



Amanhã, a partir das 18h30min, acontecerá na Câmara Municipal um ato solene em homenagem às lideranças comunitárias de Araucária. Serão entregues certificados de Menção Honrosa, aprovados pela Assembleia Legislativa, a diversas personalidades da cidade que vem se destacando por sua atuação perante a comunidade. Na maioria das vezes, de forma voluntária e desprendida de interesses pessoais.

Fiz a proposta das homenagens porque acredito que o trabalho comunitário é a base para o surgimento de novas e importantes lideranças que lutam por mudanças e melhorias no nosso dia a dia. O movimento comunitário ganhou força nos anos de 1980 e 90, após o regime militar, que proibia essa forma de mobilização social. Desde então, essas lideranças têm ocupado maiores espaços em defesa de causas, comunidades e outras questões.

Na solenidade de amanhã, serão entregues 104 certificados de Menção Honrosa, sendo essas lideranças pertencentes a seis clubes de mães, 30 Organizações Não-Governamentais (ONGs), 66 associações de bairros, quatro religiosos e um profissional liberal. As indicações foram feitas pela própria comunidade e algumas autoridades com quem conversei nas últimas semanas.

Já confirmaram presença no evento o comandante da 2ª Companhia do 17º BPM de Araucária, Capitão Stocheiro, o delegado titular da Polícia Civil de Araucária, João Marcelo Renk Chagas, o presidente municipal do PSD, Ricardo Alberto Escher, a advogada Ana Paula de Lima e a Delegada da Mulher e do Adolescente, Gabrielle Berwig Amaral. Como organizador do evento, estendo o convite a todos da comunidade de Araucária.

REPOSIÇÃO – Não posso deixar de manifestar neste momento em que se discute a reposição salarial dos servidores públicos estaduais a minha posição em favor do pagamento integral de 2,76% a todo o conjunto do funcionalismo estadual, incluindo os servidores do Executivo. Não podemos mais manter a discriminação entre os servidores públicos, que tem vigorado há dois anos. A questão será decidida até quarta-feira, dia 4, e espero que cheguemos à melhor decisão possível.

 

 

 

Publicado na edição 1119 – 28/06/2018

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*