Início / Colunas / SMED / Ideb apresenta melhora no ensino fundamental da Rede Pública Municipal

Ideb apresenta melhora no ensino fundamental da Rede Pública Municipal


O Ministério da Educação (MEC) divulgou na sexta-feira (05), os dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2013, que é um indicador criado pelo Governo Federal para medir a qualidade do ensino oferecido nas escolas públicas do país. Os números analisados indicam uma melhora no ensino fundamental da Rede Pública Municipal de Ensino.

Os dados apontam que nos anos inicias (1º ao 5º ano) as escolas públicas municipais atingiram 5,1. O resultado ficou acima da média nacional, quando comparado com a rede pública, que ficou 4,9.

Já nos anos finais, que compreende do 6º ao 9º ano, o índice ficou em 4,2. Essa nota superou a média estadual (4,1) e está acima da média nacional 3,8 (rede municipal), isto é, quando comparado com alunos matriculados nas escolas de competências dos municípios.

A meta do Governo Federal é que todas as escolas públicas do Brasil atinjam a nota 6 até 2021. A Escola Municipal Archelau de Almeida Torres, no Jardim Iguaçu, já superou essa meta, a instituição obteve no Ideb 6,3.

Os números ainda trazem outras importantes conquistas, por exemplo, 15 escolas municipais superaram ou atingiram, para cada uma delas, o índice estabelecido pelo Ministério da Educação para o ano de 2013, isso representa 44% das unidades avaliadas.

Outra unidade que viu seu índice aumentar foi a Escola Ambrósio Iantas, no Jardim Itaipu, a nota em 2011 era 4,7 e agora passou para 5,8, um aumento de 24%.

Para a secretária de Educação, Janete Maria Schiontek, os dados apontam que a educação pública municipal está avançando, sendo que 23 das 34 unidades analisadas mantiveram ou subiram os seus índices.

Embora haja resultados positivos, a secretária afirma que é preciso avançar ainda mais e que o IDEB será levado em consideração para redefinir e ajustar as ações já estabelecidas. Existem unidades que precisam receber uma atenção especial. “A nossa equipe vai analisar os dados mais profundamente, para que possamos ver o índice em cada região de nossa cidade. A partir desse levantamento, poderemos trabalhar de forma mais pontual em cada escola”, disse a secretária de Educação.

IDEB

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) foi criado pelo MEC em 2007 e representa a iniciativa pioneira de reunir, num só indicador, dois conceitos igualmente importantes para a qualidade da educação: fluxo escolar e médias de desempenho nas avaliações. O indicador é calculado a partir dos dados sobre aprovação escolar, obtidos no Censo Escolar, e médias de desempenho nas avaliações do Inep, o Saeb – para as unidades da federação e para o país, e a Prova Brasil – para os municípios.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*