Home / Notícias / Coronavírus / Igrejas retomam cultos presenciais, mantendo distanciamento

Igrejas retomam cultos presenciais, mantendo distanciamento


As igrejas evangélicas de Araucária, aos poucos, estão retomando a rotina de cultos. Desde que a pandemia do coronavírus começou, a recomendação era manter apenas os cultos online, para evitar aglomerações. Mas a retomada veio após a Prefeitura ter editado o decreto nº 34.459, no último dia 17 de abril, liberando as atividades religiosas de qualquer natureza, desde que, as igrejas sigam as medidas sanitárias determinadas pelo Comitê de Prevenção, Acompanhamento e Ameaça para o Enfrentamento do novo Coronavírus.

Os templos deverão ter ambientes ventilados por aberturas naturais; a lotação máxima é de 9 m² por pessoa, mantendo 1,5 metros entre elas; dar preferência para aconselhamento individual, a fim de se evitar aglomerações; disponibilizar acesso a sanitários e locais para higiene de mãos com papel toalha, sabonete líquido e preparação antisséptica; orientar os participantes e colaboradores em relação à higiene das mãos, ao uso da etiqueta respiratória e sintomas de síndrome gripal, assim como, orientar que as pessoas evitem tocar as mãos umas das outras e, se o fizerem, realizar a higienização e desinfecção das mãos; evitar tocar em objetos ou imagens simbólicas e, da mesma forma se o fizerem, realizar a higienização e desinfecção das mãos.

As igrejas também deverão orientar sobre o necessário isolamento de membros da congregação que apresentem sintomas de síndrome gripal e ainda, orientar sobre o distanciamento social voluntário de idosos e doentes crônicos. Ainda que as igrejas retomem seus cultos presenciais e sigam todas as determinações para se evitar o contágio do vírus, a recomendação é de que mantenham e, se possível, priorizem os encontros por meios virtuais (lives, chats, streams, etc) para que o menor número possível de pessoas saia de suas casas.

Responsabilidade

O presidente licenciado da Associação dos Pastores e Líderes Evangélicos de Araucária – Aplear, Pastor Eduardo Castilhos, recomenda que as igrejas que estão retomando os cultos presenciais, tenham muita responsabilidade. “Devemos evitar o contato físico nesse momento, disponibilizar álcool gel para todos e orientar sobre a importância do uso de máscaras. Pedimos ainda que as escolinhas infantis sejam suspensas, pois as crianças não entendem que devem manter distância umas das outras. Quanto aos cultos online, devem ser mantidos para que as pessoas de grupos de risco possam ter um momento de fé e comunhão com Deus e com a própria igreja, sem sair de casa”, observou o pastor.

Ele lamenta que algumas igrejas nem sequer chegaram a parar, mesmo quando a determinação era a não realização de cultos presenciais. “Por isso que é extremamente importante a retomada gradativa, para se evitar aglomerações. Lembrando sempre que a missão da igreja é atender a todos de uma maneira responsável, levando em consideração o comprometimento com a vida humana. Isso reforça o conselho de que, nesse período crítico que estamos vivendo, não podemos tolerar igrejas cheias”, destacou.

Texto: Maurenn Bernardo

Foto: Freepik

Publicado na edição 1209 – 23/04/2020

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*