Home / Notícias / Policial / Jovem é baleado e o motivo seria uma retaliação

Jovem é baleado e o motivo seria uma retaliação

Uma retaliação seria o motivo do crime que quase tirou a vida de Ezequiel Queiroz, 23 anos, na noite de segunda-feira, 4 de novembro, por volta das 23h35, na rua Tesoureiro, esquina com a Maracanã, no jardim Sol Nascente, bairro Capela Velha. Imagens das câmeras de monitoramento flagraram o momento em que Ezequiel andava pela via, se aproximou de uma moto e foi alvejado pelo seu condutor. Ele levou cinco tiros, foi socorrido e levado pelo Siate ao Hospital do Trabalhador, em Curitiba. Segundo informações daquela casa de saúde, seu estado ainda é gravíssimo, ele permanece internado na UTI, e respira com a ajuda de aparelhos.

A Guarda Municipal de Araucária foi acionada por populares, momentos depois do crime, que alegavam ter visto um homem caído na rua. Quando se dirigia ao local, a GM se deparou com um sujeito visivelmente em fuga, ao perceber a viatura. Ele entrou em uma casa, os guardas seguiram no seu encalço, mas não conseguiram detê-lo porque ele fugiu pulando por telhados das casas vizinhas.

De acordo com a GM, uma mulher compareceu ao local e se identificou como esposa de Ezequiel. Ela relatou que na manhã de segunda-feira, horas antes do crime, passeava em um bosque localizado no final da rua Uirapuru, quando foi vítima de um roubo. Os meliantes roubaram cerca de R$ 20. Na tentativa de reaver o dinheiro, ela teria discutido com os indivíduos e estes teriam feito ameaças contra ela e o marido Ezequiel, porém, as ameaças não teriam se concretizado naquele instante. A mulher não soube identificar nomes ou características físicas dos indivíduos que participaram da ação. Ela acredita que o fato tenha motivado a tentativa de homicídio contra seu marido. A Polícia Civil investiga o crime.

Publicado na edição 1188 – 07/11/2019

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*