Compartilhe esta notícia
Juíza determina que presos e servidores da Delegacia façam testes de Covid-19 - notícias da Coronavírus Policial  - O Popular do Paraná

A Juíza Débora Cassiano Redmond, titular da Vara Criminal de Araucária, oficiou a Secretaria Municipal de Saúde, no dia 17 de junho, solicitando que todos os servidores e presos da Delegacia de Polícia de Araucária sejam testados para Covid-19. No ofício, a magistrada pontua que o mundo está diante de um dos piores casos de saúde pública já enfrentados nos últimos anos, obrigando o isolamento social de quase toda a população, causando milhares de mortes, realidade que não pode ser diferente entre a população carcerária.

Ela justifica que, conforme dados obtidos por fontes jornalísticas de notória confiabilidade, a letalidade do coronavírus entre os presos brasileiros é o quíntuplo da registrada na população geral. Por isso, diante deste preocupante cenário, aliado ao fato de que alguns custodiados vêm apresentando sintomas da doença, determinou a testagem geral em todos os custodiados e equipe da Delegacia de Araucária. “A medida é necessária e fundamental, porquanto, na hipótese de ocorrência de contaminação generalizada, a única saída cabível seria a soltura em massa de todos esses detentos, autores de uma série de crimes atrozes, o que, decerto, só traria prejuízos à segurança pública local e temor em toda a população de Araucária”, justifica.

Segundo a Delegacia, os presos serão submetidos aos testes de Covid-19 na próxima sexta-feira, 26 de junho, quando uma equipe da Secretaria de Saúde irá até a Delegacia para coletar o material entre os presos. Atualmente a DP abriga 45 detentos, sendo que a capacidade é de 20 nas celas comuns e 12 em uma cela separada.

Publicado na edição 1218 – 25/06/2020

Foto: Everson Santos

Compartilhe esta notícia
Fechar anúncio