Início / Notícias / Geral / Junta Comercial de Araucária não vai encerrar serviços

Junta Comercial de Araucária não vai encerrar serviços


A notícia de que a Junta Comercial de Araucária iria encerrar o atendimento, pegou muitas pessoas de surpresa. Porém, tudo não passou de uma informação distorcida. Na realidade, o serviço deixará de funcionar no prédio da Associação Comercial (ACIAA), mas passará a ser absorvido pela Prefeitura Municipal. Por mais de 20 anos o órgão funcionou na sede da associação, mediante um convênio com a Junta Comercial do Paraná e a Prefeitura, mas após algumas determinações impostas pelo Tribunal de Justiça do Paraná, impondo mais rigor no ressarcimento das despesas registradas nos postos avançados, não se tornou mais viável para a associação, manter o serviço em seu prédio.

“Além do mais, com a nova gestão do governo Ratinho Junior, a Junta Comercial do Paraná iniciou um processo de digitalização dos seus processos, e a tendência é de que muito em breve os atendimentos físicos diminuam. Essa decisão de encerrar o convênio não veio de repente, há cerca de três anos a associação vem discutindo essa proposta e a solução mais viável foi a Prefeitura firmar o convênio e realizar os atendimentos”, explicou o presidente da ACIAA, Juscelino Katuragi.

Para o presidente da Junta Comercial do Paraná, Marcos Sebastião Rigoni de Mello, essa absorção por parte das prefeituras já vem ocorrendo em várias cidades do estado, não apenas pelas regras mais rigorosas impostas pelo TJ, mas pelo processo de informatização da Junta como um todo, que hoje atinge 50% dos serviços. “Dos 399 municípios do Paraná, apenas 67 têm postos da Junta Comercial, isso quer dizer que muitas pessoas tinham que se deslocar para cidades vizinhas em busca de atendimento. Com a digitalização, os processos se tornarão mais ágeis. No caso de Araucária, é louvável que a Prefeitura passe a realizar o serviço para facilitar a vida dos seus moradores, pelos menos até que a digitalização seja 100%”, comentou.

O diretor de desenvolvimento econômico da Secretaria Municipal de Finanças, Eliezer Cordeiro, adiantou que já está quase tudo certo para o acordo de cooperação técnica entre a Jucepar e Prefeitura. Quando isso se concretizar, o atendimento da Junta Comercial passará a ser feito no Espaço do Empreendedor, onde também já funciona o setor de alvarás. “A proposta é treinar todos os sete funcionários existentes hoje no Espaço, para que estejam aptos a realizar os atendimentos da Junta, além, é claro, do relator e do substituto, que também devem ser servidores públicos. O serviço funcionando no Espaço do Empreendedor vai facilitar bastante a vida das pessoas, e a meta é desburocratizar o processo”, esclareceu.

A mudança também foi aprovada pela Associação dos Contadores de Araucária – ACA. O presidente da entidade, Edson Luiz Marcondes, disse que é muito importante que o serviço não saia de Araucária. “Se a Junta mudar para o Espaço do Empreendedor, com certeza vai facilitar a vida dos contadores e de todos que necessitam do serviço”, pontuou.

Para quem tiver dúvidas a respeito dos serviços, é só ligar para o Canal do Cidadão no fone 3614-1770 ou no whatsapp 3614-1405.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1201 – 27/02/2020

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*