Compartilhe esta notícia
Fotos: Cabo Valdemir da Luz.

A Lei Seca que deveria vigorar durante as eleições municipais deste ano, ainda não foi confirmada no Paraná. Até a tarde desta quarta-feira, 11 de novembro, a Secretaria de Estado da Segurança Pública não havia divulgado informações a respeito. O que se sabe é que em outros estados do país, a lei não será aplicada este ano.

A SESP também analisa o pedido feito pela Associação de Bares e Restaurantes do Paraná – Abrabar-PR, que solicitou nesta segunda-feira, 9, a não implantação da lei durante o processo eleitoral de 2020. O pedido é para que não seja imposto um horário de restrição ou proibição de comercialização, distribuição e consumo de bebidas alcoólicas.

A Abrapar alega que a crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus provocou a falência de parte do setor e demissão de funcionários e que, por isso, todos os dias de trabalho são importantes na manutenção dos estabelecimentos. O documento pede ainda que, caso não seja possível em todos os municípios, o protocolo de restrição seja desmembrado para as principais regiões ou cidades com maior apelo turístico e gastronômico do Paraná.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1238 – 12/11/2020

Compartilhe esta notícia
Fechar anúncio