Dona Leocádia sempre foi apaixonada pela costura e sua dedicação é exemplo para a família. Foto: divulgação

Há 52 anos atuando na área de corte e costura no município, Leocádia Belo completou na última terça-feira, 2 de setembro, 67 de vida e muito trabalho. Descendente de poloneses, a araucariense teceu um legado entre a população por seu capricho e dedicação, conquistando, ao longo dos anos, o carinho de milhares de clientes. Angelita Belo, filha de Leocádia, em comemoração à data especial, decidiu homenagear a matriarca, relembrando sua trajetória na cidade. Ainda adolescente, o talento para a área da costura a fez buscar especialização, ganhando da tia sua primeira máquina profissional como incentivo, se tornando aprendiz da famosa costureira Doli Druczs, logo em seguida.

Com alguns diplomas e experiência, Leocádia começou a empreender sozinha, ainda na sala de sua casa, contudo, a qualidade, junto ao atendimento diferenciado, não demorou a conquistar cada vez mais fregueses, tornando necessária a ampliação do negócio. Na Avenida Independência, mesmo local onde residiu por anos, a loja de uniformes “Leocádia Belo” tomou forma, costurando grande parte dos uniformes das escolas municipais e estaduais de Araucária.

Além dos uniformes, a artesã reformava e fazia pijamas, agasalhos, cortinas, jalecos e muito mais. Mesmo aposentada, Angelita conta que a mãe nunca deixou de trabalhar, tamanho é o seu amor pelo corte e costura. “São 52 anos dedicados a uma profissão. Setembro é o mês dela. Sua família e amigos desejam muita saúde e energia para essa mulher que é um exemplo de luta e superação, que mostra a todos que qualquer trabalho, desde que desempenhado com muito amor e dedicação, gera bons frutos e traz sucesso”, completa a filha.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1229 – 10/09/2020